Entrando cada vez mais no clima dos Jogos Olímpicos do Rio, falaremos sobre um dos esportes de maior destaque nas Olimpíadas, que sempre conta com a presença de grandes astros, o tênis da quadra. Disputado desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, em Atenas 1896, há nada mais, nada menos, que 120 anos atrás, o tênis continuou presente em Olimpíadas até Paris 1924, quando foi removido a partir da edição seguinte. Depois de voltar como esporte de demonstração em México 1968 e Los Angeles 1984, o tênis voltou definitivamente como esporte olímpico nos Jogos Olímpicos de Seul 1988, sendo disputado desde então em todas as edições. Uma curiosidade é que nos anos 1896, 1900, 1904, 1908, 1988 e 1992, os tenistas que perdiam as semifinais dividiam a medalha de bronze, enquanto nos outros anos, e até hoje, a disputa pela “terceira” medalha começou a ser disputada.

Assim como em vários outros esportes olímpicos, os EUA é o país que mais teve conquistas  de medalhas no tênis de quadra por país, foram 36 medalhas conquistadas ao longo dos anos, sendo 20 de ouro, 5 de prata e 11 bronze. Na segunda colocação está a Grã-Bretanha com 42 medalhas, sendo 16 delas de ouro, 14 de prata e 12 de bronze. Já a França, terceira maior medalhista, com 5 medalhas de ouro, 6 de prata e 8 de bronze, totalizando 19 medalhas.

A maior medalhista no tênis olímpico

Kathleen McKane é a maior medalhista da história do tênis olímpico.

Kathleen McKane é a maior medalhista da história do tênis olímpico.

Em questão de medalhas olímpicas de tênis em Olimpíadas, temos como maior medalhista uma mulher, a inglesa Kathleen McKane, que conquistou cinco medalhas nos Jogos Olímpicos de 1920 e 1924, uma de ouro, duas de prata e duas de bronze. Nos Jogos Olímpicos de Antuérpia 1920, a tenista McKane conquistou logo três medalhas, um bronze no simples feminino, um ouro nas duplas femininas, ao lado de Margaret McNair, vencendo as também britânicas Winifred Beamish e uma medalha de prata nas duplas mistas, ao lado de Maxwell Woosnam, perdendo a final para os franceses Suzanne Lenglen e Max Decugis. Nos Jogos Olímpicos seguinte, em Paris 1924, McKane conquistou mais duas medalhas, uma de bronze no simples feminino e uma medalha de prata nas duplas femininas, ao lado Phyllis Covell, perdendo a final para as norte-americanas Hazel Wightman e Helen Wills.

Já falamos um pouco sobre as conquistas olímpicas de Kathleen McKane, falaremos também sobre outros títulos da tenista inglesa. Durante sua carreira, conquistou sete campeonatos. Dois deles no simples, o Torneio de Wimbledon em 1924 vencendo a norte-americana Helen Moody e em 1926 vencendo a espanhola Lilí de Álvarez. Outro dois títulos foram conquistados nas duplas, o primeiro no US Open ao lado de Phyllis Howkins, vencendo as norte-americanas Hazel Horchkiss e Eleanor Goss, e outro no US Open de 1927, jogando ao lado de Ermyntrude Harvey, vencendo as também britânicas Betty Nuthall e Joan Fry.

As irmãs Williams

As irmãs Serena e Venus Williams com suas medalhas de ouro conquistadas em Londres 2012.

As irmãs Serena e Venus Williams com as medalhas de ouro conquistadas em Londres 2012.

A posição da Kathleen McKane de maior medalhista olímpico do tênis de quadra está ameaçada por duas irmãs norte-americanas, as tenistas Serena e Venus Williams. Se Kathleen McKane possui cinco medalhas olímpicas no seu curriculum, as duas tenistas norte-americanas já possuem quatro medalhas olímpicas cada uma e ainda poderão conquistar mais duas cada uma nos Jogos Olímpicos do Rio, ou seja, poderão ultrapassar McKane já nos próximos meses.

As irmãs Williams conquistaram a maioria de suas medalhas disputando os Jogos Olímpicos lado a lado, já que das quatro medalhas que cada uma conquistou, três delas foram nas duplas femininas, Sydney 2000, Pequim 2008 e Londres 2012, quando venceram as holandesas Fristie Boogert em 2000, as espanholas Anabel Garrigues e Virgina Pascual em 2008 e as checas Andrea Hlavackova e Lucie Hradecka em 2012.

As medalhas individuais foram conquistadas no simples feminino. A primeira a conquistar uma medalha foi Venus, que levou uma medalha de ouro nas Olimpíadas de 2000 ao vencer a russa Elena Dementieva na grande final e depois foi a vez de Serena, que conquistou sua medalha de ouro individual nas Olimpíadas de 2012 vencendo a russa Maria Sharapova.

Quem assistir os Jogos Olímpicos do Rio, provavelmente verá Venus e Serena Williams fazendo história na sua busca por serem as maiores tenistas medalhistas olímpicas da história do tênis olímpicos, já que Serena é a favorita a medalha de ouro no simples feminino e junto com sua irmã Venus, são também as favoritas para as duplas femininas.

Boas Apostas!