Como é de costume, o clube inglês Manchester United chama a atenção em questão de investimento em elenco. Um levantamento feito pelo CIES Football Observatory  e que foi divulgado nesta última terça-feira (04), aponta o Manchester United como o clube que mais gastou na formação de um elenco para uma temporada em toda a história do futebol. Esta pesquisa foi baseada no século XXI, um momento contemporâneo em que há transparência nas gestões, onde despesas e informações são divulgadas de forma ampla.

Ranking em milhões de Euros, divulgado pelo CIES Football Observatory.

Ranking em milhões de Euros, divulgado pelo CIES Football Observatory.

O Manchester United buscou montar um grande elenco em busca de grandes feitos para esta temporada, mesmo não disputando a Liga dos Campeões. Disputando a Premier League (Campeonato Inglês) e a Liga Europa, a diretoria do Manchester United havia prometido um grande valor disponível para o técnico José Mourinho usar em contratações necessárias para montar uma equipe muito competitiva.  Os valores investidos foram principalmente destinados para grandes contratações como o jogador Paul Pogba que custou € 110 milhões (cerca de R$ 400 milhões). Outra contratação que o time inglês fez, foi o meia Henrikh Mkhitaryan que pertencia ao clube alemão Borussia Dortmund, por uma quantia de € 42 Milhões (R$ 168 Milhões), a transferência mais cara do futebol alemão. A pesquisa revela o valor montante para construir o elenco todo, valor que chega a impressionantes € 718 milhões (cerca de 2,6 bilhões). Seu maior rival o Manchester City de Pep Guardiola, apresentou o terceiro maior investimento com € 611 milhões (cerca de 2,2 bilhões). O que podemos ver é que a maioria dos times que lideram este ranking, são participantes da elite do futebol europeu, atualmente participantes da Liga dos Campeões da UEFA, onde sempre fazem grandes campanhas.

Os espanhóis

Escudos do Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid.

Escudos do Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid.

De acordo com a pesquisa feita pelo CIES Football Observatory  e que foi divulgado nesta última terça-feira (04) o clube espanhol Real Madrid, é o segundo colocado entre os clubes que mais investiram para a construção do elenco. Com um investimento de € 634 milhões (cerca de R$ 2,3 bilhões), os merengues fazem por merecer a fama de um dos grandes do mundo. Com impressionantes onze conquistas da Liga dos Campeões, o time sempre mostrou grandes conquistas nestas últimas décadas. O Barcelona foi superado, encontra-se na quarta colocação com € 485milhões (cerca de R$ 1,7 bilhões), 23,5% a menos que o rival. O terceiro na lista entre os espanhóis é o Atlético de Madrid de Simeone, o qual tem um valor declarado de investimento de cerca de € 199 milhões (R$ 724 milhões), um valor bem abaixo dos grandes rivais, embora hoje, na sétima rodada do Campeonato Espanhol, o Atlético de Madrid vem liderando a competição com os mesmos quinze pontos conquistados que o Real Madrid, porém com três gols a mais de saldo.

Os alemães

Escudo do Bayern de Munique.

Escudo do Bayern de Munique.

A Bundesliga (Campeonato Alemão) é considerada uma das melhores ligas da Europa e do mundo, mas isto não necessariamente se traduz em gastos exagerados de recursos para montagem de grandes elencos. Ao contrário da Premier League (Campeonato Inglês), famosos gastadores de dinheiro, a Bundesliga tem fama de ser uma liga que economiza bastante e faz gastos não tão significantes. Embora seja uma liga que não gasta muito, ao buscarmos o clube que mais investe, temos o Bayern de Munique, o maior detentor de títulos do Campeonato Alemão, está na nona colocação da lista declarada pela pesquisa feita pelo CIES Football Observatory. O Bayern de Munique investiu um total de € 357 milhões (1,2 milhões), cerca da metade do investimento feito pelo gigante inglês Manchester United. Outro gigante alemão, o Borussia Dortmund, encontra-se na décima terceira colocação com um investimento de € 237 milhões (R$ 862 Milhões). Muito mais abaixo na lista, encontram-se o clube Wolfsburg na 24ª colocação com € 149 (R$ 95 Milhões) e o Bayer Leverkusen com € 147 (R$ 61 Milhões).

Boas Apostas!