A janela de transferências europeia encerrou na noite de 31 de janeiro para 1 de fevereiro e Ryiad Mahrez, internacional argelino que esteve a um pequeno passo deixar o Leicester para rumar ao Manchester City, permaneceu no King Power Stadium. A situação desagradou ao magrebino que esteve ausente de várias sessões de treinamento. Chegou a hora de retornar à ação e logo ante seu potencial comprador.

Foto: "Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images"

Foto: “Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images”

O fato de não se ter transferido para o Manchester City como desejava deixou Riyad Mahrez desiludido com a situação, se recusando a participar das sessões de treinamento do Leicester no início desse mês de fevereiro. O clube começou por castigar o jogador, porém, o próprio técnico Claude Puel adotou sempre uma postura de compreensão face ao caso, afirmando que ajudaria, juntamente com o restante elenco, a reintegrar Mahrez no time após um período de ausência que serviu para o jogador “limpar a cabeça”.

Desde o dia 31 de janeiro que Mahrez não comparecia a uma sessão de treinamento do Leicester. Após dialogar com a diretoria, o jogador que foi um dos protagonistas no título conquistado pelos “foxes” acordou em retornar o quanto antes, colocando no entanto uma condição: estará entre os relacionados para o desafio desse sábado frente ao Manchester City, válido pela Premier League. Os britânicos da “Sky Sports” asseguram que essa foi a condição imposta para Mahrez reintegrar os trabalhos do elenco principal e finalizar a temporada ao serviço do clube, se transferindo posteriormente para outro emblema. Segundo os mídia ingleses, o fato de a transferência de Mahrez não se ter efetivado se deveu à intransigência do Leicester no que diz respeito às exigências que fez, recusadas pelos “Sky Blues”. Vale lembrar que essa foi a segunda vez que o Leicester recusou uma proposta e impediu a saída do jogador.

Leicester joga no Etihad

O embate entre o Leicester e o Manchester City, no Etihad, está marcado para a tarde de sábado. O atual líder da Premier League tem agora uma vantagem de 13 pontos em relação ao segundo colocado Manchester United e tentará dar continuidade à boa fase ante um Leicester que, apesar de estar na primeira metade da tabela, já não tem argumentos para discutir o acesso às provas europeias. Mahrez não veste a camisa do Leicester desde o dia 20 de janeiro, marcado pela vitória frente ao Watford (2-0) e já falhou três compromissos: a deslocação a casa do Peterborough para a FA Cup (1-5), a ida até Goodison Park para enfrentar o Everton (2-1) e a receção aos galeses do Swansea (1-1).

Boas Apostas!