Com a primeira rodada da fase de grupos da Libertadores 2017 praticamente concluída – os times dos grupos 1 e 3 ainda não entraram em ação -, sete dos oito clubes brasileiros envolvidos na prova já disputaram seus desafios e nenhum perdeu. O Botafogo só vai estrear na terça feira, em casa, frente ao Estudiantes.

Empate em Lima

Thiago MaiaO Santos de Dorival Júnior atravessa uma fase ruim e se estreou na Libertadores 2017 com um empate a um gol na deslocação a Lima, capital do Peru, para enfrentar o Sporting Cristal. Inserido no grupo 2 que também conta com o Santa Fe e o The Strongest, o empate santista permitiu que os bolivianos saíssem na frente graças à vitória por dois a zero – gols de Alejandro Chumacero – em cima do Santa Fe, na altitude de La Paz. O “Peixe” entrou a perder no Peru mas conseguiu resgatar um ponto graças ao gol de Thiago Maia aos 22 minutos do segundo tempo. Na próxima rodada, o Santos recebe o The Strongest e será importante conquistar os três pontos, uma vez que os bolivianos vão lutar pelo acesso e apresentam elevada taxa de aproveitamento a jogar em casa.

Flamengo goleia San Lorenzo; Atlético sofre nos minutos finais

O Flamengo estreou em grande na Libertadores 2017 ao vencer o San Lorenzo por quatro gols sem resposta. Em uma altura delicada para o futebol argentino, o “Mengão” aproveitou seu maior ritmo nessa fase da temporada para alcançar um resultado dilatada, totalmente construído no segundo tempo do desafio com gols de Diego (grande atuação), Trauco, Rômulo e Gabriel. O resultado premeia uma grande exibição do time “rubro-negro” que ainda se deu ao luxo de desperdiçar um pênalti cobrado por Paolo Guerrero.

Cinco minutos dramáticos na Arena da Baixada. Tudo corria bem ao Atlético Paranaense em seu “cofre forte” nessa primeira rodada da Libertadores 2017, frente ao Universidad Católica, como “Furacão” na liderança do marcador com gols de Lucho González e Nikão. O crescimento do adversário no segundo tempo, aliado ao recuo do time local, irritou a torcida presente nas arquibancadas e com razão. O Universidad Católica aproveitou dois deslizes do Atlético na ponta final da partida e fez dois gols por David Llanos e Ricardo Noir, ambos já para lá dos 40 minutos do segundo tempo. O Atlético Paranaense foi vítima de sua própria estratégia, acusando simultaneamente alguma falta de experiência jogando a esse nível.

“Verdão” não passa em Tucumán

Mal a chave foi conhecida, se previu imediatamente que o Palmeiras, atual campeão brasileiro, não teria vida facilitada nessa Libertadores 2017 a jogar fora de portas. Nessa primeira rodada, o Palmeiras foi ao Monumental José Fierro empatar a um gol com o Atlético Tucumán, time que estreia nessa fase da Libertadores. Se a tarefa dos brasileiros já não seria fácil à partida, pior ficou quando o zagueiro Vitor Hugo foi expulso logo aos 21 minutos do primeiro tempo, pouco antes de Fernando Zampedri dar vantagem ao Atlético Tucumán. Com o reforço Miguel Borja no onze, foi Keno quem igualou a partida ao minuto 40, fazendo o gol que permitiria ao Palmeiras regressar a casa com um ponto na bagagem. Na outra partida do grupo, o Jorge Wilstermann goleou o campeoníssimo Peãnrol por seis a dois.

Tudo empatado no grupo 6

No grupo 6, composto por Sport Boys Warnes, Libertad, Godoy Cruz e Atlético Mineiro, ninguém se destacou. O “Galo” foi empatar a um gol à casa do Godoy Cruz, respondendo com um gol de Fred na cobrança de um pênalti após os donos da casa se terem adiantado logo ao minuto 2 por Javier Correa. A outra partida do grupo, disputada na Bolívia, terminou com um empate a três, resultado que relativiza a divisão de pontos do Atlético em termos classificativos, embora o resultado do time de Belo Horizonte tenha sido positivo.

Foi bonito, Chape

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

A Chapecoense teve, enfim, a estreia que merecia nessa Libertadores 2017 ao vencer o Zulia na Venezuela por dois a um, naquele que foi o primeiro jogo oficial no plano continental após o grande desastre de Antioquía. No outro jogo do grupo 7, o Nacional do Uruguai surpreendeu o Lanús na Argentina, aproveitando o clima de instabilidade que se vive no futebol do país das “Pampas”. A Chape tem motivos para crer que é possível avançar para a fase a eliminar nessa Libertadores 2017, contrariando a expetativa generalizada.

O Grêmio também foi feliz na Venezuela, vencendo sua partida na deslocação à casa do Zamora FC. Os gols de Léo Moura e Luan (pênalti) deram a vitória ao time do Rio Grande do Sul que passou a liderar a chave a par do Guaraní, time que venceu na casa do Deportes Iquique.

Boas Apostas!