O PSG caiu nas oitavas da Liga dos Campeões frente ao Real Madrid, falhando o grande objetivo da temporada. Para o time milionário que se tem passeado nas competições domésticas, a participação na prova de clubes mais importante da Europa representava a grande meta da temporada, mas a aventura terminou de modo prematuro. A mídia gaulesa já fala em mudanças no elenco.

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

A informação é avançada pelo “Le Parisien”, jornal gaulês que na edição dessa quinta-feira (8) revela o nome de oito jogadores que poderão não fazer parte dos planos do PSG na próxima temporada. Se antevê uma pequena revolução no seio do time ainda treinado por Unai Emery.

Começando pelo setor mais recuado, o “Le Parisien” fala na possibilidade de Dani Alves deixar o Parc des Princes. O lateral brasileiro chegou nessa temporada à capital francesa a custo zero, proveniente da Juventus, mas os responsáveis do clube consideram que as qualidades do jogador em termos técnicos não compensa sua falta de intensidade. Para além de ter contrato até 2019, sua relação com Neymar poderá ser uma entrave à saída. Também na zaga, Yuri Berchiche e Layvin Kurzawa poderão rumar a outras paragens.

Em uma era na qual Kylian Mbappé e Neymar são as principais figuras do time do Parc des Princes, a dispensa de “antigas estrelas” poderá ser uma solução. Nesse sentido, Cavani, Verratti, Di María e Pastore poderão ser “empurrados” para a porta da saída, até porque se tratam de quatro ativos com valor de mercado que poderão render muitos milhões de euros aos cofres do time e, com isso, contribuir para equilibrar a balança de compras e vendas, algo importante para um PSG a precisar de cumprir o “fair-play” financeiro. Rabiot é o último dos jogadores citados, jogador com a cotação elevada que tem vários interessados e poderá abraçar um novo projeto, ainda que tenha vínculo válido até 2019. O meia francês é o jogador mais jovem desses oito, contabilizando apenas 22 primaveras.

De entre todos os jogadores, segundo os dados do “Transfermarkt”, Marco Verratti é, de entre o lote de possíveis saídas, o jogador com o valor de mercado mais elevado, seguido de perto por Cavani.

Cabeça de Antero Henrique a prémio?

O “Le Parisien” escreve ainda que a revolução poderá afetar também Antero Henrique, diretor esportivo do clube desde o início da temporada. Contratado para assumir a posição anteriormente ocupada por Nasser Al-Khelaifi, a mídia francesa escreve que o português não tem conseguido cumprir suas funções, atacando inclusive sua gestão de polêmicas e dando como exemplo a questão que afastou Neymar Jr e Edinson Cavani.

Boas Apostas!