O Atlético de Madrid está fortemente interessado em garantir os serviços de Vitolo, jogador do Sevilha. Impedido de inscrever atletas até janeiro por conta de uma punição aplicada pelo TAS (Tribunal Arbitral du Sport), o time da capital poderá recorrer à ajuda de “terceiros” para assegurar já os serviços do internacional espanhol. O Las Palmas, emblema da Gran Canaria, está disposto a auxiliar o Atléti. Entenda a situação.

Foto: "Ramón Navarro/MARCA"

Foto: “Ramón Navarro/MARCA”

Punido pelo Tribunal Arbitral du Sport, o Atlético de Madrid tem margem reduzida nesta janela europeia de verão, sendo que já deixou cair o negócio que envolvia a compra de Alexandre Lacazette, jogador do Lyon cuja transferência para a capital espanhola estava apalavrada – neste momento, cumpre exames médicos para fechar com os londrinos do Arsenal. Diego Costa e Zlatan Ibrahimovic também foram nomes “colados” aos “Colchoneros”, porém, é para Vitolo que o Atlético se vira com seriedade apesar de estar sob alçada da FIFA, segundo o que relata a mídia espanhola.

O jornal “Marca” escreve que o Atlético de Madrid pretende assegurar Vitolo o mais tardar até dia 12 de junho, data em que o internacional espanhol precisa se apresentar em Sevilha para iniciar os trabalhos de pré-temporada, um dia antes de a comtivia do sul de Espanha partir para o Japão em uma tour com a duração de dez dias.

O Sevilha não considera abdicar dos serviços do jogador por menos de 40 milhões de euros, valor da sua multa. O Atlético de Madrid se apresenta disponível para investir essa verba na contratação do meia atacante e a questão financeira parece ser o menos dos problemas. Impedido pela FIFA de contratar/inscrever jogadores até janeiro, o Atlético procura agora contornar a sanção. Desse modo, a diretoria do clube “rojiblanco” se prepara para ceder os 40 milhões de euros ao próprio Vitolo e o jogador se encarregará de os entregar ao Sevilha, se convertendo em um jogador livre após a concretização da transferência. Dado que o jogador não poderia ser inscrito pelo Atlético de Madrid para a primeira metade da temporada, até dezembro, Vitolo vai regressar às suas origens para defender o Las Palmas, seu time de base, pelo qual estreou enquanto profissional. O retorno às Canárias permitirá ao jogador atuar durante a primeira parte da época 2017/18 ao mais alto nível, estabelecendo um contrato válido apenas até janeiro. Aí, assinará livremente pelo Atlético de Madrid e poderá até disputar a Liga dos Campeões, caso o Atlético ultrapasse a fase de grupos.

Las Palmas recetivo

Durante a apresentação de Manolo Márquez como novo técnico do Las Palmas, o diretor esportivo Toni Cruz confirmou que Vitolo será jogador do clube durante a primeira metade da temporada caso o Atlético de Madrid alcance o já citado acerto. “O presidente [Miguel Ángel Ramírez] já chegou a um acordo para que caso Vitolo feche com o Atlético, o jogador esteja em Las Palmas até janeiro”. Toni Cruz se demonstrou agradado com o retorno desportivo que Vitolo poderá proporcionar e o benefício não ficará por aí. O Las Palmas possui 12 por cento do passe do atleta e vai lucrar cerca de cinco milhões de euros graças ao investimento do Atlético de Madrid.

Boas Apostas!