Luka Jovic já é jogador do Real Madrid. O emblema da capital espanhola oficializou a contratação do jogador que na última temporada brilhou ao serviço do Eintracht Frankfurt. O internacional sérvio se converteu em um dos dez jogadores mais caros da história dos “Merengues”.

JovicA temporada 2018/19 foi de insucessos no Santiago Bernabéu. Como tal, o clube liderado por Florentino Pérez está já no mercado de transferências em busca de soluções para o reforço do elenco e é certo e sabido que não haverá lugar a poupanças. Luka Jovic, sensação da Bundesliga na temporada 2018/19, é o segundo reforço oficializado pelo time da capital espanhola, entrando diretamente para o lote de jogadores mais caros da historia do clube. O primeiro, o brasileiro Militão, também entrou diretamente para a lista, se situando agora na oitava colocação.

Percurso

Produto da ótima base do Crvena Zvezda (Estrela Vermelha), Luka Jovic deu nas vistas ao serviço do histórico de Belgrado e atraiu a cobiça do Benfica, emblema português que viria a apostar em seus serviços. Na Luz, Luka não se impôs, atuando sobretudo pelo time de reservas e contando com apenas quatro participações em jogos da equipe principal em duas temporadas. A solução passou por rumar ao futebol germânico, nomeadamente ao Eintracht Frankfurt, a título de cedência mas com valor estipulado para sua compra. Em 2017/18 apontou nove gols em 27 partidas com a camisa das “águias vermelhas”, saldo que convenceu os responsáveis da equipe alemã a adquirirem seus serviços a título definitivo. Na época 2018/19, a “explosão”. Luka Jovic se converteu em uma das principais revelações da Bundesliga ao marcar 27 gols em 48 partidas. O Real Madrid não quis perder mais tempo e avançou para a aquisição dos seus serviços, investindo uma quantia a rondar os 60 milhões de euros (R$ 262 milhões). Luka Jovic é, oficialmente, um dos dez jogadores mais caros da história do clube.

Aquisições mais caras do Real Madrid

Os 60 milhões de euros (R$ 262 milhões) colocam Luka Jovic no sexto lugar da lista de jogadores mais caros de sempre adquiridos pelo Real Madrid. Gareth Bale, galês que poderá rumar a outras paragens, continua a liderar a tabela, ao passo que Zinedine Zidane, atual técnico, continua a ser quarto nessa lista, aquando da aquisição à Juventus no verão de 2001.

Nesse “top-10” de aquisições, há quatro brasileiros. Kaká continua a ser o “canarinho” mais caro de sempre, adquirido em 2009 ao AC Milan, seguido de Militão, adquirido neste defeso, Vinicius Junior, apresentando em julho de 2018, e, claro está, Ronaldo Nazário, adquirido à Inter em 2002. De entre esses quatro, só Káká foi mais caro que Luka Jovic.

Boas apostas!