O Internacional não vem conseguindo bons resultados no Campeonato Brasileiro, o que resulta na décima quinta colocação que a equipe ocupa na vigésima rodada da competição. Justamente por isso, o clube vem buscando contratar reforços para melhorar seu elenco e voltar a vencer no Brasileiro 2016. Há algumas semanas o Internacional demonstrou interesse em contratar o lateral-direito Ceará, que já defendeu o clube gaúcho entre 2005 e 2007, conquistando o Mundial de Clubes de 2006 nessa época. Porém, a negociação só foi confirmada na última quinta-feira (18), quando Ceará foi apresentado como a nova contratação do Internacional para a continuação do Campeonato Brasileiro. A apresentação aconteceu no CT da equipe gaúcha na manhã desta quinta-feira, onde foi realizada uma entrevista coletiva que contou com a presença de Ceará e do diretor executivo do Internacional, Newton Drummond.

O diretor executivo Newton Drummond e o lateral-direita Ceará no anuncio oficial.

O diretor executivo Newton Drummond e o lateral-direita Ceará no anuncio oficial.

Voltando ao Inter depois de quase dez anos, Ceará se mostrou animado e espera poder ajudar seu novo clube a voltar a vencer. “Tanto o Inter quanto eu estamos muito felizes. Espero agora, obviamente, dar o retorno esperado por todos dentro e fora dos campos. Minha primeira preocupação é jogar. No vestiário também serei importante pela minha trajetória no Clube. O foco é vencer as partidas, temos que ter fome de vitórias. As vitórias que farão a gente almejar coisas maiores”. Segundo Ceará, ele já está a disposição do técnico Celso Roth para a partida do próximo domingo pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro contra o São Paulo. “Estou treinando normalmente. Fiz quatro trabalhos físicos e ontem comecei a treinar com bola. Estou à disposição”, comentou Ceará.

Problema durante a negociação

A volta do lateral-direita Ceará por pouco não pode ser realizada, já que nos últimos dias desenrolou-se uma pequena novela envolvendo o jogador, seu antigo clube Coritiba e o Internacional. No começo de agosto, o clube gaúcho havia mostrado interesse em contratar o lateral, que estava no Coritiba, para a sequência do Campeonato Brasileiro. As negociações continuaram e Ceará chegou a viajar até Porto Alegre para realizar exames médicos e resolver as questões finais de seu novo contrato com o Inter. Porém, no exame acabou sendo constatada uma lesão muscular no lateral, fazendo o clube gaúcho voltar atrás no acordo e trazer uma condição para contratar Ceará: o jogador deveria se recuperar no Coritiba e depois ir para o Internacional.

Sem gostar nada da situação, o clube paranaense pediu que o Inter pagasse os R$ 1 milhão pela contratação do lateral, já que o Coritiba havia rescindido o contrato com o atleta e não queria contratá-lo novamente. Duas semanas depois dessa confusão, o Internacional confirmou a contratação de Ceará, mas ainda tem que tratar com o departamento jurídico sobre o dinheiro a ser pago para o Coritiba. Segundo o diretor executivo do Internacional, Newton Drummond, tudo deve ser encerrado de uma maneira que mantenha o clima amigável entre as duas partes.

Contratação do volante Eduardo

Eduardo é a nova contratação do Internacional.

Eduardo é a nova contratação do Internacional.

Além de Ceará, o Internacional confirmou também a contratação do volante Eduardo, que estava no Atlético Mineiro. O jogador de 21 anos já participou do treino da equipe gaúcha na última quinta-feira e a diretoria colorada está tentando inscrevê-lo o quanto antes no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, para que o jogador possa estar à disposição do técnico Celso Roth, que tem desfalques na posição de volante para a partida do próximo domingo, quando o Internacional enfrentará o São Paulo para mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Fernando Bob está suspenso por cartões amarelos e Rodrigo Dourado ainda está com a seleção brasileira disputando as Olimpíadas, e enquanto não tem Eduardo, o Inter tem os volantes Fabinho e Jair para a posição.

Eduardo estava no Atlético Mineiro, disputando 42 partidas entre 2014 e 2016. No ano de 2016, esteve em apenas 19 jogos, pelo Campeonato Mineiro, Libertadores, Primeira Liga e Brasileiro, além de ter marcado dois gols neste ano. O volante tem como principal característica a aproximação aos jogadores de ataques, participando bastante de lances ofensivos. Com sua ida ao Internacional, espera disputar mais jogos e ajudar a equipe gaúcha a melhorar seus resultados no Brasileirão. Enquanto o Internacional espera que com essas contratações, seu elenco torne-se mais forte defensivamente e consiga se afastar da zona de rebaixamento do Brasileiro, subindo rodada a rodada de posição.

Boas Apostas!