A excelente campanha do Mónaco na atual temporada tem despertado os principais colossos do futebol europeu para os bons valores que defendem a camisa do time gaulês. Na Ligue 1 como na Liga dos Campeões, o time treinado por Leonardo Jardim tem brilhado e despertado atenções um pouco por toda a Europa do futebol Kylian Mbappé é a “coqueluche” do time, mas está longe de ser o único que tem interessados. O brasileiro Fabinho pode estar próximo de “mudar de ares”.

Foto: "Eric Gaillard - REUTERS"

Foto: “Eric Gaillard – REUTERS”

A edição desta sexta-feira do diário desportivo italiano “Gazzetta dello Sport” cita o interesse da Inter de Milão nos serviços de Fabinho, brasileiro que tem sido opção regular no esquema de Leonardo Jardim, assumindo um papel preponderante no esquema da equipa. A polivalência é uma das principais caraterísticas de Fabinho, jogador que anteriormente atuava maioritariamente pela lateral e agora desempenha funções de meia e com a qualidade que se conhece. Talhando para missões mais defensivas, Fabinho poderá ser reforço da Inter para a próxima temporada. A empresa chinesa que gere os destinos da Inter parece estar disposta a realizar um forte investimento para a próxima temporada, começando pela chefia técnica da equipa. As notícias que apontam Diego Simeone ao comando da Inter têm sido recorrentes e a imprensa escreve até que a diretoria do clube terá apresentado um cheque em branco a “El Cholo”.

Para conseguir alcançar os patamares de outrora e se intrometer na luta pelo título, é indiscutível que o time de Milão precisa de ir ao mercado e reforçar seu time. Neste momento, o Inter sente até dificuldades para chegar nas competições europeias e terminar fora da zona de acesso à Liga dos Campeões/Liga Europa – cenário mais que provável – poderá condicionar a abordagem ao mercado, não tanto pela questão financeira, mas sobretudo pela capacidade de atração junto dos atletas.

Fabinho é agenciado pelo “super agente” português Jorge Mendes, gestor da carreira de Cristiano Ronaldo. Segundo a informação avançada pela “Gazzetta dello Sport”, a diretoria do Mónaco se reuniu com Jorge Mendes no Principado do Mónaco horas antes do confronto entre o time local e Juventus, em encontro disputado na quarta-feira que terminou com uma vitória dos italianos por dois a zero. Fabinho integrou o onze titular dos monegascos, tal como o compatriota Jemerson. Jorge, utilizado frente ao PSG para a Copa de França, não saiu do banco de reservas. A temporada chega a uma fase decisiva e os responsáveis do Mónaco se preocupam com a situação da equipa, empenhada na luta pela conquista do título gaulês, tentando retirar a hegemonia ao PSG. Como tal, a negociação com o jogador deverá avançar apenas após a conclusão da Ligue 1, até porque os dois times ainda nem sequer parecem ter chegado a um acordo relativo a valores envolvidos na transferência. Vale lembrar que o jogador tem contrato com os franceses até junho de 2021.

Boas Apostas!