Depois de um começo ruim na temporada 2016/17, a Inter de Milão mudou o seu comando técnico no início de novembro. Alguns dias depois de anunciar a demissão do treinador Frank de Boer, a Inter de Milão anunciou na última terça-feira (08) o seu novo treinador, o italiano Stefano Pioli, que aos 51 anos estava no comando da Lazio. Antes de assinar o contrato com a Inter, o qual tem validade até junho de 2018, o treinador encerrou seu contrato com a Lazio, onde vinha fazendo um bom trabalho, estando na quarta colocação do Campeonato Italiano, à oito pontos do líder Juventus. Além de trazer Stefano Pioli, a Inter de Milão trouxe Giacomo Murelli como auxiliar técnico, Davide Lucarelli como assistente e os preparadores físicos Matteo Osti e Francesco Perondi.

Ao chegar na Inter de Milão, Pioli recebe uma equipe que está na nona colocação do Campeonato Italiano, estando com 17 pontos em 12 rodadas disputadas, além de estar na última colocação do Grupo K da Liga Europa, com apenas três pontos conquistados em quatro rodadas. Stefano Pioli terá a missão de prosseguir com o ambicioso projeto dos novos donos da equipe italiana, que foi comprada em 2013 por um grupo asiático (parte chinês, parte indonésio), o qual investiu mais de R$ 1,5 bilhão em contratações para voltar a conquistar o Campeonato Italiano e as principais competições europeias, Liga dos Campeões e Liga Europa.

Carreira do treinador

Stefano Pioli jogando pela Fiorentina.

Stefano Pioli jogando pela Fiorentina.

Stefano Pioli é um ex-zagueiro que jogou entre os anos 1982 e 1999, atuando apenas por clubes italianos como Parma, onde iniciou a carreira, Juventus, Fiorentina e Colorno, onde encerrou sua trajetória como jogador. Logo na primeira equipe como profissional, o Parma, Pioli conquistou seu primeiro título, sendo campeão da Série C1 (terceira divisão do futebol italiano) de 1983/84. Na temporada seguinte veio mais um título, desta vez com a Juventus, onde conquistou a UEFA Super Cup de 1984, e depois a Taça da Europa de 1984/85, a Taça Intercontinental de 1985 e a Série A (primeira divisão do futebol italiano) de 1985/86. Na sequência, o zagueiro ainda conquistou a Série B (segunda divisão do futebol italiano) de 1993/94 pela Fiorentina. Entre os destaques da carreira de Stefano Pioli está o fato de ter defendido apenas oito equipes, todas elas italianas, como a Fiorentina, onde permaneceu por seis anos, entre 1989 e 1995, disputando 154 partidas e marcando um gol. Falando em gols, Pioli marcou apenas três durante sua carreira, um pelo Parma e outro pela Pistoeise, além do marcado na Fiorentina.

Já como treinador, Stefano começou em 1999, mesmo ano em que se aposentou, quando foi treinador das categorias de base do Bologna, mesma função exercida no Chievo. Já em 2003, Pioli foi contratado pelo Salernitana, dessa vez treinando a equipe principal, assim como no Modena, Parma, Grosseto, Piacenza, Sassuolo, além do Chievo, onde voltou como treinador, e do Palermo, onde esteva em apenas 2 partidas em 2011. Em junho de 2014, foi contratado pela Lazio para substituir Edoardo Reja, levando a equipe até a terceira colocação do Campeonato Italiano na temporada 2014/15, permanecendo até novembro de 2016.

Demissão de Frank de Boer

Frank de Boer como treinador da Inter de Milão.

Frank de Boer como treinador da Inter de Milão.

No último dia 01 a Inter de Milão anunciou a demissão do treinador holandês Frank de Boer devido aos resultados negativos no início da temporada. Contratado no início de agosto, o holandês não conseguiu uma sequência positiva, tanto no Campeonato Italiano, onde deixou a equipe longe dos primeiros colocados, quanto na Liga Europa, onde a equipe está quase perdendo uma vaga para a próxima fase. De Boer comandou a equipe italiana em 14 partidas, conseguindo cinco vitórias, dois empates e sete derrotas, conseguindo um aproveitamento de 40,4%. O anúncio foi feito no site oficial da Inter de Milão, onde escreveu: “A Inter gostaria de agradecer a Frank e sua equipe na comissão técnico pelo trabalho com o clube nos últimos meses e gostaria de desejar boa sorte no futuro”.

Frank de Boer é irmão gêmeo de Ronald de Boer, com quem jogou junto no Ajax e no Barcelona. Frank de Boer fez sucesso no futebol holandês, principalmente no Ajax, onde foi jogador e treinador, conquistando muitos títulos, como a Copa dos Campeões da Europa e Mundial de 1995, a Copa da UEFA de 1992 e o Campeonato Holandês, que foi conquistado como jogador cinco vezes (1989/90, 1993/94, 1994/95, 1995/96, 1997/98) e como treinador outras quatro vezes (2010/11, 2011/12, 2012/13 e 2013/14).

Boas Apostas!