A partida de volta entre Manchester United e Anderlecht, válida pelas quartas da Liga Europa, ficou marcada pela grave lesão contraída por Zlatan Ibrahimovic. A imprensa internacional rapidamente abordou a possibilidade de o internacional sueco pôr fim à carreira, situação entretanto desmentida pelo próprio.

Foto: "Reuters"

Foto: “Reuters”

Minuto 90 em Old Trafford. Manchester United e Anderlecht discutem o acesso às semis da Liga Europa 2016/17 e a eliminatória caminha para a prorrogação. Zlatan Ibrahimovic cai de forma aparatosa sobre seu joelho direito e é obrigado a abandonar o terreno de jogo, saindo pelo próprio pé apesar do embate. Antes disso, Marcos Rojo também já tinha abandonado a partida com muitas queixas, saindo inclusive de maca. No dia que sucedeu ao desafio, o departamento do clube confirmou a gravidade da lesão de Ibrahimovic, atacante nórdico que quebrou os ligamentos do joelho direito, lesão que vai obrigar a uma paragem prolongada.

Aos 35 anos, a época 2016/17 acabou para o homem de Malmo, impedido de ajudar o Manchester United a caminho da final de Estocolmo. Ainda assim, nesse momento, não existe informação oficial quanto ao tempo de paragem que vai enfrentar, se estimando um período de aproximadamente nove meses, segundo os “media” britânicos. Para um jogador com a idade de Zlatan Ibrahimovic, por muito que no gramado consiga relativizar esse fator, uma paragem tão prolongada poderia ter consequências bem graves. A imprensa inglesa avançou que a paragem ditaria o fim da carreira do jogador. Bem ao seu estilo, o próprio Zlatan esclareceu sua situação…

Reação no Instagram

ZlatanAo final da tarde de domingo, Zlatan Ibrahimovic postou uma foto das suas pernas na rede social “Instagram”, acompanhada de uma descrição que tranquiliza os fãs: “Primeiro que tudo, quero agradecer todo o carinho. Não é novidade que estou lesionado, então vou ficar fora um tempo. Vou passar por cima disso e retornar ainda mais forte (…) Eu decido quando parar e nada mais. Desistir não é opção”, escreveu na sua conta @iamzlatanibrahimovic. A postagem do atacante indica que não tomou qualquer decisão no sentido de pôr um fim à sua carreira, ele que jogou pela última vez com a camisa da seleção sueca no Europeu 2016.

Titular indiscutível no Manchester United de José Mourinho, Zltaan Ibrahimovic tem desempenhado um papel fulcral na campanha dos “Red Devils”. Em 46 partidas oficiais divididas pelas cinco competições em que o Manchester United participou nessa temporada (Community Shield incluída), Zlatan fez 28 gols e deu dez assistências. Sua ausência aumenta a responsabilidade sobre os ombros de Wayne Rooney, atacante a quem deverá ser confiado o papel de liderar a frente de ataque do Manchester United. A atravessar uma fase menos boa, “Wazza” vai ter que assumir o lugar e a verdade é que até começou bem, marcando pelo Manchester United na ida a Burnley, em duelo que culminou com uma vitória por dois a zero.

Boas Apostas!