É a grande bomba desses últimos dias que antecedem o início da Copa do Mundo 2018. A 48 horas da estreia da seleção espanhola na competição e um dia depois de ter sido anunciado como próximo treinador do Real Madrid, Julen Lopetegui foi demitido de forma surpreendente. Fernando Hierro é o eleito para orientar o time na Rússia.

Foto: "Rafa Casal/Marca"

Foto: “Rafa Casal/Marca”

O anúncio de Julen Lopetegui como novo técnico do Real Madrid para a temporada 2018/19 não caiu bem junto dos responsáveis da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). Menos de 24 horas após o anúncio oficial do clube “merengue”, Julen Lopetegui foi demitido do comando da seleção espanhola em consequência dessa situação.

Julen Lopetegui tinha renovado em vésperas da Copa do Mundo, recebendo um voto de confiança por parte da direção presidida por Luis Rubiales. Esta quarta-feira (13), pouco depois de a saída de Julen Lopetegui ter sido anunciada, Rubiales deu uma coletiva de imprensa em que agradeceu o trabalho realizado pelo seleccionador nomeadamente na fase de qualificação, mas criticou o fato de só ter ficado a par da situação cinco minutos antes de o Real Madrid ter lançado um comunicado oficial em que dava conta da contratação de Lopetegui. A situação não caiu bem junto dos responsáveis do futebol espanhol que optaram pela demissão imediata do seleccionador. De resto, desse modo, o Real Madrid já não terá que pagar uma indemnização, uma vez que Lopetegui rescindiu contrato.

Hierro é o sucessor

Consumada a inesperada saída de Julen Lopetegui a apenas 24 horas do início da Copa do Mundo, a principal preocupação passava por apurar quem guiaria a equipa no torneio, até porque a estreia frente ao Portugal, já na próxima sexta-feira, se aproximava a passos largos. A solução não foi avançada na coletiva de imprensa de Luis Rubiales, mas se soube poucos minutos depois. Fernando Hierro, histórico internacional pela Espanha que já se encontrava a ocupar o cargo de diretor técnico, assumiu a pasta deixada por Julen Lopetegui e estará encarregue de guiar a seleção nessa Copa do Mundo da Rússia.

A experiência de Hierro como técnico principal se restringe a uma passagem pela Real Oviedo na temproada 2016/17. Agora, o ex-jogador do Real Madrid procurará tirar partido da sua experiência internacional para guiar a Espanha em solo soviético.

Fernando Hierra falará em coletiva de imprensa já enquanto seleccionador da Espanha ainda nessa quarta-feira, segundo informação divulgada pela RFEF.

Boas Apostas!