Um dos maiores clubes do Sul do país, o Grêmio, teve alguns problemas com sua zaga titular ainda no inicio do Campeonato Brasileiro, já que Pedro Geromel esteve se recuperando de uma lesão muscular e Matheus Bressan não está conseguindo renovar seu contrato com o Grêmio e poderá voltar ao Peñarol. Pensando em melhorar seu setor defensivo, o clube se viu obrigado a procurar o quanto antes outro jogador da posição no mercado de transferência que se fechará em breve. A equipe que chegou a ficar quatro jogos sem tomar um gol sequer nas quatro primeiras rodadas do Brasileirão anunciou na última sexta-feira (15) a contratação do zagueiro Walter Kannemann, que no último ano esteve no Atlas de Guadalajara do México.

Zagueiro Walter Kannemann atuando pelo Atlas de Guadalajara.

Zagueiro Walter Kannemann atuando pelo Atlas de Guadalajara.

A negociação do zagueiro argentino de 25 anos durou mais do que o esperado, mas o clube gaúcho finalmente confirmou a contratação de Kannemann, que já está em Porto Alegre para realizar exames médicos e assinar seu contrato. Toda a negociação durou algumas semanas, com o vice-presidente de futebol do Grêmio tendo que viajar até Buenos Aires para conversar diretamente com o atleta e acertar alguns detalhes do contrato. Depois da viagem, tanto o Grêmio quanto o zagueiro conseguiram entrar em um acordo, o contrato de Kannemann com o clube gaúcho é válido até dezembro de 2019, com o zagueiro recebendo um salário de cerca de R$ 100 mil por mês, além de ter custado U$ 1 milhão (R$ 3,3 milhões), que serão pagos pelo Grêmio em quatro parcelas ao Atlas de Guadalajara.

Ainda sem uma data para ser apresentado e estrear, o zagueiro argentino deve ser inscrito no BID (Boletim Informativo Diário) até o dia 19 de julho, quando se encerra o prazo para contratações de jogadores que estão fora do Brasil. Caso isso aconteça, Kannemann poderá fazer sua estreia no próximo domingo (17), quando o Grêmio enfrentará o Sport pela décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro, às 18h30 no Estádio Ilha do Retiro.

Carreira de Walter Kannemann

Kannemann jogando pelo San Lorenzo.

Kannemann jogando pelo San Lorenzo.

Walter Kannemann foi revelado pelo San Lorenzo da Argentina, fazendo sua estreia como profissional em março de 2010. Depois de ficar praticamente dois anos no banco de reservas, Kannemann finalmente teve sua chance como titular em 2012, quando a equipe lutava para permanecer na primeira divisão do Campeonato Argentino, aproveitando a lesão de José Luis Palomino. No inicio do Torneio Final de 2013, Kannemann voltou a estar entre os titulares devido às lesões de outros jogadores de sua posição. No Torneio Inicial de 2013, o zagueiro conquistou seu primeiro título pelo San Lorenzo, com Kannemann ajudando o clube a ter a segunda melhor defesa da fase inicial do Campeonato Argentino, sofrendo dezessete gols. Porém, no Torneio Final em 2014, Kannemann acabou perdendo espaço novamente com a chegada do técnico Edgardo Bauza, que colocou em seu lugar Emmanuel Mas. Graças a conquista do Torneio Inicial do Campeonato Argentino, o San Lorenzo conseguiu uma vaga na Libertadores de 2014 e durante a competição, a equipe argentina acabou eliminando dois clubes brasileiros, o Grêmio nas oitavas de final e o Cruzeiro nas quartas de final. Kannemann foi de extrema importância nas fases finais da Libertadores, ajudando a equipe na conquista do título, sofrendo apenas quatro gols em seis partidas. Mas chegando no Mundial de Clubes, o San Lorenzo enfrentou uma grande equipe, o clube espanhol Real Madrid de Cristiano Ronaldo, e acabou perdendo a final por 2×0, com gols de Sergio Ramos e Gareth Bale.

Logo depois do Mundial, o zagueiro Walter Kannemann foi anunciado como a nova contratação do Atlas de Guadalajara para disputar o Campeonato Mexicano e a Copa Libertadores de 2015. Logo o zagueiro se tornou querido pela torcida mexicana, sendo uma referência na zaga do clube e ajudando o Atlas a ter uma das melhoras defesas do Torneio Clausura e ficar na quarta colocação. Já na Libertadores, o time não teve um bom desempenho, sendo eliminado ainda na fase de grupos como última colocado do Grupo 1, sendo que o zagueiro Kannemann marcou um gol na última partida pela fase inicial, na derrota por 3×1 para o Santa Fé.

Boas Apostas!