O goleiro Jasper Cillessen terá uma nova missão daqui pra frente, defender as cores do clube catalão Barcelona. Acostumado a defender um time vencedor, o Ajax da Holanda, também tem experiência junto a seleção da Holanda, aonde é titular. Com a saída do goleiro Claudio Bravo do time do Barcelona, que foi contratado pelo Manchester City a pedidos do técnico Pep Guardiola, abriu-se espaço para a contratação de um goleiro, Cillessen foi o escolhido.

O goleiro de 27 anos, assinou contrato com o Barcelona por cinco temporadas, os valores do acerto são de € 12 milhões (R$ 43,3 milhões), mais € 2 milhões (R$ 7 milhões) de cláusulas variáveis. Cillessen disputará a vaga com o goleiro alemão Marc Ter Stegen, que vinha revezando com o goleiro Claudio Bravo no gol do Barcelona, este rodízio teria sido um dos motivos da saída de Claudio Bravo que foi para o Manchester City.  A estratégia do técnico do Barcelona Luis Enrique vinha sendo utilizar Claudio Bravo no Campeonato Espanhol e o goleiro alemão Marc Ter Stegen nas Copas e Torneios Europeus, se o técnico seguir com esta estratégia, provavelmente veremos o goleiro Cillessen atuando de forma integral no campeonato nacional da Espanha.

O goleiro que não defende pênaltis

Cillessen sendo substituído por Krul (Quartas de final da Copa de 2014).

Cillessen sendo substituído por Krul (Quartas de final da Copa de 2014).

O goleiro Cillessen chamou a atenção pela eficiente participação na Copa do Mundo de 2014, quando conquistou o terceiro lugar com a seleção da Holanda. Com boas atuações até na disputa do terceiro lugar contra o Brasil, jogo que a Holanda venceu por 0x3, o goleiro acabou infelizmente sendo lembrado por uma ocasião ocorrida nas quartas de final, quando a Holanda empatou com a Costa Rica no tempo normal e na prorrogação, o jogo iria ser decidido nos pênaltis. Na ocasião, o técnico Louis Van Gaal decidiu substituir o goleiro Cillessen pelo reserva Tim Krul, o qual defendeu duas penalidades. A impressão que ficou é que Cillessen não soubesse defender pênaltis, porém o que ocorreu é que o goleiro Tim Krul era um especialista em defender cobranças de pênaltis. Cillessen acabou não gostando da alteração que não foi avisada antecipadamente e criticou a comissão técnica publicamente. Porém na fase seguinte a Holanda enfrentou a Argentina, e novamente o jogo foi para os pênaltis, desta vez Cillessen foi mantido e não defendeu nenhuma cobrança, a Holanda acabou perdendo, foi decidir o terceiro lugar, enquanto a Argentina foi para a final e perdeu para a campeã Alemanha por 1×0. Infelizmente este fato acabou por marcar o atleta como um goleiro que não defende pênaltis, porém teve ótima participação na conquista do terceiro lugar na Copa do Mundo realizada no Brasil.

O ex-goleiro do Ajax

Jasper Cillessen atuando pelo Ajax.

Jasper Cillessen atuando pelo Ajax.

Jasper Cillessen iniciou sua carreira futebolística em um clube amador na Holanda chamado De Treffers em 1996 com apenas 7 anos de idade. O goleiro iria para o NEC Nijmegen em 2001, clube qual terminaria sua formação de base, aparecendo na equipe principal em 2010, quando jogaria por 35 vezes como profissional. Em 2011, o jovem goleiro se transferiu para o gigante clube Ajax (Amsterdamsche Football Club Ajax), sua transferência teve um valor estimando em € 3 milhões (R$ 10,5 milhões), assinando um contrato de cinco anos. Ao longo do tempo, ganhou espaço no time e tornou-se titular em 2013, no lugar de Kenneth Vermeer.

O Ajax possui tantos títulos que que vamos somente detalhar alguns dos principais, são trinta e três títulos da Eredivise (Campeonato Holandês), quatro taças da Liga dos Campeões, uma Copa da UEFA, uma Recopa Europeia, três Supercopas da UEFA entre outras conquistas. O goleiro Cillessen defendeu a meta do Ajax por quase cento e cinquenta jogos e conquistou três títulos da Eredivise (2011/12, 2012/13 e 2013/14). Agora o goleiro passará a defender as cores do também multicampeão Barcelona.

Boas Apostas!