Está revelada a lista dos 25 potenciais sucessores de Renato Sanches como o “Golden Boy”, distinção que premeia o melhor jovem jogador da temporada anterior na Europa. Gabriel Jesus é o único jogador de nacionalidade brasileira entre os nomeados.

Foto: "Divulgação/Manchester City"

Foto: “Divulgação/Manchester City”

Os nomes foram revelados pelo “Tuttosport”, jornal italiano que promove o galardão. 30 jornalistas dos principais jornais desportivos da Europa votarão para eleger o melhor jogador sub-21 da temporada passada. Kylian Mbappé (PSG) e Ousmane Dembélé (Barcelona), protagonistas de transferências milionárias na janela de versão, são naturalmente os grandes favoritos à conquista. Estamos perante uma lista naturalmente recheada de talento, pejada de jogadores que apesar de jovens já fazem parte das escolhas habituais em seus elencos. A maioria conta, inclusive, com internacionalizações pelas seleções principais dos respetivos países, como é o caso de Gabriel Jesus, jogador que tem estado a bom nível nas eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, sendo aposta regular desde que Tite assumiu os destinos da “Canarinha”.

Fundado em 2003 como sucessor do Trofeo Bravo que era entregue pelo Guerin Sportivo, o “Golden Boy” já foi ganho por Van der Vaart (2003), Rooney (2004), Messi (2005), Fàbregas (2006), Aguero (2007), Anderson (2008), Pato (2009), Balotelli (2010), Gotze (2011), Isco (2012), Pogba (2013), Sterling (2014), Marial (2015) e Renato Sanches (2016). O Manchester United, com três vencedores diferentes – Rooney, Anderson e Martial – é o clube que mais vezes viu seus atletas erguer o prêmio e nessa edição 2017 colocam o internacional inglês Marcus Rashford na lista.   Anderson e Pato foram os únicos brasileiros a receber o troféu até hoje. Para além de Gabriel Jesus, Rodrigo Betancur (Juventus) é o outro representante do continente sul-americano.

Lista de candidatos:

Aaron Martin (Espanyol)
Kévin Auguston (RB Leipzig)
Rodrigo Betancur (Juventus)
Steven Bergwijn (PSV)
Calvert-Lewin (Everton)
Federico Chiesa (Fiorentina)
Ousmane Dembélé (Barcelona)
Amadou Diawara (Nápoles)
Kasper Dolberg (Ajax)
Gigi Donnarumma (AC Milan)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Joe Gomez (Liverpool)
Benjamin Henrichs (Bayer Leverkusen)
Borja Mayoral (Real Madrid)
Kylian Mbappé (PSG)
Emre Mor (Celta)
Reece Oxford (Borussia Monchengladbach)
Christian Pulisic (Borussia Dortmund)
Marcus Rashford (Manchester United)
Allan Saint-Maximin (Nice)
Dominic Solanke (Liverpool)
Theo Hernandez (Real Madrid)
Youri Tielemans (AS Mónaco)
Enes Unal (Villarreal)
Kyle Walker-Peters (Tottenham)

Boas Apostas!