A semana começou com grandes novidades no AC Milan. A diretoria do clube “rossonero” demitiu Vincenzo Montella e se prontificou a encontrar seu sucessor: Gennaro Gattuso, histórico jogador do clube que assumirá os destinos a título interino.

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

O AC Milan foi um dos emblemas que mais reforçou seu elenco na janela durante a transferências europeia de verão, gastando um valor superior a 200 milhões de euros. A entrada em cena de um grupo de empresários chinês permitiu ao time italiano aumentar sua capacidade de investimento, procurando reerguer-se após algumas temporadas à deriva. O técnico Vincenzo Montella era uma das (poucas) coisas que não havia mudado no clube de uma temporada para outra, merecendo a confiança da diretoria após uma época 2016/17 em que o AC Milan terminou em 6º lugar e se apurou para as provas europeias, meta ainda assim bem modesta atendendo ao passado do clube.

Nesse novo ano, com um leque de opções significativamente mais alargado, Vincenzo Montella até foi capaz de cumprir o primeiro objetivo da campanha ao ultrapassar a fase preliminar da Liga Europa, prova em que se prepara para seguir para a ronda dos 32 com estatuto de líder da respetiva chave, mas a prestação na Série A e sobretudo a fraca qualidade do futebol apresentado pelo AC Milan abriram a porta da saída ao treinador. Ao cabo de 14 rodadas, o AC Milan conquistou apenas 14 pontos, está fora da zona europeia e não foi capaz de pontuar frente a nenhuma das seis equipas que estão à sua frente da tabela – já defrontou todas pelo menos uma vez. Antes da pausa para encontros de seleções que decorreu no meio desse mês de novembro, já muito se especulava sobre a possibilidade de Montella abandonar o AC Milan. A confirmação do despedimento surgiu na manhã dessa segunda-feira (27), um dia após um empate sem gols na receção ao Torino, em San Siro, resultado manifestamente insatisfatório.

Gattuso interino

No mesmo “tweet” em que anuncia que Vincenzo Montella não é mais técnico do time principal, o AC Milan comunica que Gennaro Gattuso, campeão europeu pelo clube em 2007 que se encontrava a treinar o time Primavera (sub-20) da formação italiana, assumirá os destinos do time no imediato, primeiramente a título interino. Totalmente identificado com a “casa”, Gattuso esteve ligado ao AC Milan enquanto jogador durante 13 temporadas, entre 1999 e 2012.

Na sua ainda curta carreira como técnico que começou na temporada 2012/13, Gennaro Gattuso orientou o Sion, o Palermo, o OFI Creta e o Pisa. Tanto no tome suíço como na formação sicliana, Gennaro Gattuso acabou por ser despedido, enquanto no OFI Creta chegou a apresentar a demissão, foi demovido pelos adeptos, acabando por sair apenas algumas semanas mais tarde. Esteve no Pisa durante a temporada 2016/17 mas não foi capaz de evitar a queda do time da Série B para a Série C, abraçando posteriormente o desafio de orientar a equipa Primavera do “seu” AC Milan. Agora chegou a hora de encarar o primeiro grande desafio da carreira, a estreia deverá acontecer já no próximo domingo, frente ao Benevento e Gattuso certamente pretenderá ser efetivado.

Boas Apostas!