Chegou, viu e venceu. Gabriel Jesus já marca com a camisa do Manchester City e a imprensa inglesa está rendida ao seu talento.

Foto: "Glyn Kirk/AFP"

Foto: “Glyn Kirk/AFP”

Pep Guardiola promoveu a estreia oficial de Gabriel Jesus no Manchester City em 21 de janeiro, data do confronto com os londrinos do Tottenham no Etihad. O craque vendido pelo Palmeiras aos “Citizens” foi para o jogo a oito minutos do final e ainda fez gol, porém, estava impedido. A boa impressão deixada no pouco tempo que esteve no gramado agradou ao técnico catalão que, uma semana depois desse desafio, concedeu a titularidade ao jovem de 19 anos. O Manchester City foi ao Selhurst Park enfrentar o Crystal Palace em partida válida pela Copa da Inglaterra e entrou no campo com um time recheado de boas alternativas. Ao minuto 43, Gabriel Jesus voltou a se destacar ao entregar a bola para Raheem Sterling fazer o primeiro dos três gols do City que deram a passagem às oitavas do torneio.

Nessa noite de quarta-feira, novamente em Londres, a aposta no “menino” Gabriel Jesus se manteve e o argentino Kun Aguero até começou a partida no banco de reservas. No estádio Olímpico, nova casa do West Ham, o Manchester City aproveitou a má fase dos “Hammers” para construir uma vitória sem dificuldades que terminou com um placard favorável de quatro a zero. Kevin De Bruyne abriu o caminho para a goleada após tabelar com Gabriel Jesus perto da área do West Ham, David Silva aumentou a contagem aos 21 e o avançado brasileiro voltou a estar em destaque ainda antes do descanso. Com 39 minutos, Raheem Sterling pôs a bola em Gabriel Jesus e, ao segundo poste, o jogador campeão pelo “Verdão” encostou de pé esquerdo para a rede defendida por Darren Randolph. Pep Guardiola não escondeu o sorriso perante o primeiro gol de Gabriel Jesus com a camisa do Manchester City, enquanto Kun Aguero, focado pelas câmaras no banco de reservas, observou o momento com apreensão e percebeu que tem um concorrente à altura para a frente de ataque. A goleada ficou completa com um gol de Yaya Touré na cobrança de uma grande penalidade aos 22 do segundo tempo. Gabriel Jesus recebeu o prémio de melhor em campo das mãos de Kevin De Bruyne em plena “flash” após a partida.

Na próxima ronda, o Manchester City recebe o Swansea no Etihad, time frágil apesar do crescimento que tem registado recentemente, não deverá ter vida fácil nessa viagem. A titularidade de Gabriel Jesus poderá voltar a ser uma realidade tendo em conta o bom momento que o brasileiro atravessa.

Manchetes destacam Jesus

Gabriel Jesus“Praise Jesus”, “Sweet Jesus”, “Jesus Repays Faith”, “Jesus of the mark for ruthless City”, “Smash and Gab”, “Jesus stars in City rout” são alguns dos títulos da imprensa desportiva inglesa nessa manhã de quinta-feira, brincando com o apelido do jogador brasileiro de 19 anos para fazer uma invocação bíblica. A torcida olha com agrado para sua afirmação e esses primeiros tempos demonstram aquilo que se previa: Gabriel Jesus chegou em Inglaterra para ser aposta de Pep Guardiola e terá o seu espaço no Manchester City. Aproveitando os minutos concedidos dessa forma, tem tudo para continuar a estar no time inicial e se revelar uma pela chave nessa recuperação urgente que o Manchester City precisa de realizar.

Horas antes de marcar o primeiro gol com a camisa do Manchester City, Gabriel Jesus foi inscrito pelo clube para o “mata-mata” da Liga dos Campeões que se vai iniciar nesse mês de fevereiro. O time inglês vai defrontar o Mónaco nas oitavas da competição e o primeiro dos dois duelos da eliminatória aconteceu em Manchester no dia 21 de fevereiro.

Boas Apostas!