O Brasil enfrentaria o Equador pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, seria a estreia tanto de Gabriel Jesus pela seleção principal, quanto a estreia do técnico Tite.

Gabriel comemorando um dos seus gols contra o Equador.

Gabriel comemorando um dos seus gols contra o Equador.

A esperança de todos os brasileiros era que enfim a má fase da seleção principal terminasse. A seleção principal vinha de uma decepcionante derrota por 1×7 para a Alemanha em plena Copa do Mundo no Brasil,  depois uma desclassificação na Copa América Centenário nos Estados Unidos na primeira fase da competição, perdendo por 1×0 para o Peru.

Todos os brasileiros estavam esperançosos quanto ao desempenho da seleção principal, pois o técnico Tite teve um grande apoio popular, pois foi campeão em diversos torneios nos últimos cinco anos pelo Corinthians, foi um título do paulista, duas vezes campeão brasileiro, campeão da Libertadores e do mundial.  Tite foi inteligente e coerente, chamou diversos jogadores que foram campeões olímpicos, entre eles o atacante de 19 anos, Gabriel Jesus. O menino não decepcionou, mesmo recebendo grande responsabilidade de vestir a camisa 9, que já tinha sido vestida por grandes atacantes do futebol brasileiro como Ronaldo Fenômeno, Gabriel Jesus mostrou personalidade. Gabriel Jesus arriscou bons chutes no primeiro tempo, porém o jogo terminou em 0x0 na primeira etapa.

No segundo tempo, Gabriel Jesus tornou-se o nome do jogo, aos 26’ Gabriel se adiantou ao zagueiro Mina e roubou a bola, puxou para dentro da área e foi derrubado pelo goleiro dentro da área, pênalti para o Brasil. Neymar pegou a bola e marcou o primeiro do Brasil. O Brasil administrou o resultado e aos 41’ da segunda etapa, depois de um cruzamento de Marcelo pela esquerda, Gabriel desviou para o gol e fez seu primeiro gol pela seleção brasileira principal e o segundo do Brasil na partida. Com 0x2 no placar, o Brasil dominava o jogo e aos 46’ Gabriel recebeu passe de Neymar na Meia lua da grande área e chutou forte em meia altura no canto do goleiro do Equador, fazendo o terceiro gol do Brasil e o segundo gol do estreante Gabriel Jesus. O atacante de 19 anos, coincidentemente repetiu o que o velho lobo Zagallo fez em sua estreia pela seleção em 04/05/1958, quando Zagallo fez dois gols na vitória do Brasil por 5×1 contra o Paraguai pela Taça Oswaldo Cruz.

Campeão olímpico

Gabriel com a medalha de ouro olímpica.

Gabriel com a medalha de ouro olímpica.

O Brasil teve grande alegria e alívio com a medalha de ouro conquistada pela seleção olímpica de futebol do Brasil durante as Olimpíadas do Rio 2016. O único título inédito do futebol brasileiro foi conquistado por uma seleção com muitas jovens promessas e com jogadores acima de 23 anos como o atacante Neymar, o meia Renato Augusto e o goleiro Weverton. Sob o comando do técnico Rogério Micale e com supervisão do técnico Tite, a seleção olímpica brasileira terminou como líder do Grupo A com uma vitória, dois empates e nenhuma derrota, com quatro gols marcados e nenhum sofrido, sendo um destes gols feito por Gabriel Jesus na vitória por 4×0 diante da Dinamarca. O Brasil venceria por 2×0 a Colômbia nas quartas de final, venceria por 6×0 a seleção de Honduras na semifinal, com dois gols de Gabriel Jesus e chegaria a final contra a Alemanha, jogo qual depois de empate por 1×1 no tempo normal e prorrogação, o título foi decidido nos pênaltis, com vitória do Brasil por 5×4 com defesa do goleiro Weverton e com gol de Neymar. Gabriel Jesus que já era o artilheiro do Campeonato Brasileiro antes das olimpíadas, agora era campeão olímpico pelo Brasil, com boa participação na campanha com três gols marcados, Gabriel voltaria ainda artilheiro para disputar o resto do Campeonato Brasileiro 2016 pelo Palmeiras, líder da competição, que fase!

Venda para Manchester City

Gabriel com camisa do Palmeiras. Ao fundo o escudo do Manchester City.

Gabriel irá defender o Manchester City ao final do Brasileirão.

Na atual 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, Gabriel Jesus é artilheiro da competição ao lado de Sassá e Robinho, todos com dez gols. O atacante Gabriel Jesus vive o melhor momento da sua carreira, jogando bem tanto pelo Palmeiras, marcando quinze gols pela equipe paulista em 2016, quanto pela seleção brasileira, onde marcou cinco gols até agora, três pela seleção olímpica e dois pela sua estreia na seleção principal.

O jovem já vinha sendo sondado por grandes clubes europeus, como Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City. Dentre esses ótimos clubes, foi o inglês Manchester City que conseguiu contratar a nova promessa do futebol brasileiro para próxima temporada. Segundo a imprensa brasileira, a decisão de Gabriel de ir para o City foi tomada depois que o jogador recebeu uma ligação do atual treinador da equipe inglesa, Pep Guardiola, que ligou pessoalmente declarando estar interessado em Gabriel Jesus para a temporada 2016/17. Depois desta ligação a negociação finalmente foi fechada, ficando em torno de € 38 milhões (R$ 137 milhões), sendo que € 32 milhões (R$ 115 milhões) ficou com o Palmeiras. O passe do atacante é dividido em quatro partes: 30% são do Palmeiras, 32,5% do empresário Cristiano Simões, 22,5 % de outro empresário, Fábio Caran, e os 15% restantes do próprio Gabriel. Pensando no resto de 2016, o Palmeiras conseguiu negociar com o Manchester City e garantir que Gabriel fique até o final do Brasileirão, podendo assim, ajudar a equipe na luta pelo título da competição, onde é líder.

Boas Apostas!