Essa semana se disputaram as partidas de ida relativas às quartas da Liga dos Campeões da Ásia. Os “qataris” do Al Sadd contam com duas grandes figuras do passado recente do futebol espanhol e se colocaram em vantagem na ida até o Irão. O Tianjin Quanjian de Alexandre Pato não teve motivos para sorrir e perdeu com dois gols “Canarinhos”.

Foto: "ATTA KENARE/AFP"

Foto: “ATTA KENARE/AFP”

Terminou o grupo C na segunda posição e garantiu o acesso às oitavas, se superiorizou ao time saudita do Al-Ahli Jeddah (2-1; 2-2) nas oitavas e agora entrou da melhor forma na eliminatórias das quartas ante os iranianos do Esteghlal Tehran. O Al Sadd do Qatar, país que vai receber a próxima edição da Copa do Mundo, tem que ser considerado um forte candidato a conquistar a Liga dos Campeões da Ásia, já que mais não seja pela presença de dois ex-internacionais espanhóis que ainda estariam capazes de atuar nos principais campeonatos europeus. Xavi, hoje com 38 anos, deixou o Barcelona na temporada 2015/16 e está a cumprir sua quarta temporada no clube, enquanto Gabi, ex-capitão do Atlético de Madrid, está a disputar a primeira época no futebol “qatari”. Titularíssimos no time mandado pelo português Jesualdo Ferreira, cumpriram os 90 minutos no confronto dessa semana disputado em Teerão, frente ao Esteghlal, e contribuíram para um triunfo de virada por três a um com gols do argelino Baghdad Bounedjah (2) e Akram Afif. Em ótima posição para seguir para as semis da prova de clubes mais importante da Ásia, o Al-Sadd enfrentará o Esteghlal na partida de volta no próximo dia 17 de setembro.

Essas quartas da competição ditaram um outro confronto entre “qataris” e iranianos. Em Doha, o Al-Duhail dos brasileiros Lucas Mendes (ex-Coritiba) e Edmilson Júnior venceu o Persepolis por um a zero.

Pato em desvantagem

Alexandre Pato, principal figura do Tianjin Quanjian, único emblema chinês que permanece em prova, viu sua equipa cair com dois gols de brasileiros. Na vista a Kashima, no Japão, para enfrentar o time do Antlers, a equipe do Tianjin perdeu por dois a zero, gols de Serginho (ex-Santos) e Leo Silva (ex-Cruzeiro). Não vai ter tarefa fácil na volta…

No confronto entre sul-coreanos nessas quartas, o Jeonbuk Motors do atacante Ricardo Lopes e de Adriano Michael Jackson (não saiu do banco) perdeu em seu terreno para o Suwon Bluewings com três gols apontados nos últimos 15 minutos do desafio.

Boas apostas!