A Football Club Internazionale Milano, ou mais conhecida como Inter de Milão, anunciou a saída do antigo técnico Roberto Mancini e já anunciou o novo técnico nesta terça-feira (09), quem será seu substituto, o holandês Frank de Boer que foi jogador grandes clubes como Ajax, Barcelona e atuou durante muito tempo pela seleção holandesa. Atualmente com 46 anos, o técnico estava no Ajax desde 2010 onde conquistou quatro títulos nacionais.

Escudo da Inter de Milão.

Escudo da Inter de Milão.

O técnico holandês terá a missão principal de levar a Inter de Milão novamente a Liga dos Campeões, torneio que a Inter não joga desde a temporada 2011/12, quando foi eliminado na ocasião pelo Olympique de Marselha. O novo técnico se mostrou confiante e disse:  “Eu espero colocar o time no caminho certo logo, mas é claro que não será fácil”, disse o técnico. “Gostaria de agradecer à Inter. Todos nós falamos a mesma língua – eu, o presidente e a equipe técnica. Queremos vencer”.

Durante a apresentação oficial, o treinador não poupou elogios a “Gabigol”, jogador do Santos que está defendendo a Seleção Brasileira olímpica nos Jogos do Rio 2016. “Gabriel Barbosa é um jogador muito talentoso e muitos clubes grandes estão interessados nele”, disse o holandês. Lembrando que a imprensa italiana já conta como certa a negociação do atacante do Santos Gabriel “Gabigol” pela Inter de Milão. O novo técnico já deve estar no comando da Inter no amistoso contra o Borussia Monchengladbach, na noite desta quarta-feira (10).

Frank de Boer

Irmãos gêmeos Frank e Ronald de Boer atuando pelo Barcelona.

Irmãos gêmeos Frank e Ronald de Boer atuando pelo Barcelona.

Sua vida no mundo do futebol iniciou no clube holandês AFC Ajax, Frank atuava como lateral esquerdo em seu início de carreira, porém logo passou a jogar de zagueiro, posição qual o consagrou. Na equipe principal do Ajax, Frank atuou de 1988 a 1998 em mais de trezentas partidas onde conquistou cinco títulos de campeão holandês, uma Copa dos Campeões da Europa em 1995 e um Mundial Interclubes também em 1995.

Frank tem um irmão gêmeo chamado Ronald de Boer, que também joga futebol profissional, só que atuava como meia ofensivo. Os irmãos jogaram juntos por diversos períodos, no Ajax, atuaram juntos de 1988 a 1991 e de 1993 a 1998, ano que ambos se transferiram para o Barcelona onde Ronald ficou até 2000 e Frank permaneceu até 2003. Os irmãos ainda jogariam juntos pelos Rangers da Escócia em 2004 e pelo Al-Rayyan do Catar na temporada de 2004/05, além de ambos terem servido a seleção holandesa, Ronald de   1993 a 2003 e Frank de 1990 a 2004.

Frank de Boer, o Boer em questão, atual técnico da Inter de Milão, jogou pelo Barcelona de 1998 a 2003, porém sem repetir o mesmo desempenho que teve pelo clube holandês Ajax, porém conseguiu conquistar dois campeonatos espanhóis e uma Copa do Rei. Passou por um momento difícil, após ser pego em um exame antidoping, tendo sido absolvido posteriormente frente à UEFA. O jogador ainda atuaria pelo Galatasaray da Turquia, pelos Rangers da Escócia e pelo Al-Rayyan do Catar. O jogador serviu a seleção da Holanda por quatorze anos, de 1990 a 2004, participando das Copas do Mundo de 1994 e 1998 e das Eurocopas de 1992, 2000 e 2004, fez sua última partida com a camisa laranja contra a Suécia, em partida válida pela Eurocopa de 2004.

Do Ajax para a Inter de Milão

Frank de Boer é tetracampeão da Eredivisie (Campeonato Holandês).

Frank de Boer é tetracampeão da Eredivisie (Campeonato Holandês).

Frank de Boer iniciou muito bem sua carreira de técnico de futebol, iniciou sua experiência no comando técnico, como assistente técnico de Bert van Marwijk no comando da Holanda na Copa do Mundo de 2010. Naquele mesmo ano, o Ajax procurava uma solução no comando técnico de seu time, pois o então técnico do Ajax na época Martin Jol, não estava indo bem. O Ajax resolveu arriscar e chamar o ídolo nacional Frank de Boer para assumir o time, a experiência não podia ter sido mais positiva, desde 2010, foram quatro conquistas do Campeonato Holandês, 2010/11, 2011/12, 2012/13 e 2013/14. Como vemos na imagem, Frank de Boer segurando o troféu do Campeonato Holandês, que consiste em um prato de prata com a inscrição na parte de cima KAMPIOEN VAN NEDERLAND que significa CAMPEÃO DA HOLANDA. Na parte de baixo o nome da competição EREDIVISIE. No centro do troféu, o emblema da Federação de futebol Holandesa com o ano da temporada letiva. Nos últimos dois anos o Ajax ficou com o vice-campeonato perdendo as duas edições para o PSV, na última temporada apenas por dois pontos. Mesmo assim, o Ajax continua sendo o maior detentor de títulos do Campeonato Holandês com 33 títulos, seguido do PSV com 23 e o Feyenoord com 14 conquistas. Agora Frank de Boer terá a chance de mostrar seu trabalho como técnico no futebol italiano no comando da Inter de Milão. O clube italiano

O Campeonato Italiano vem sendo dominado pela equipe da Juventus que é o atual pentacampeão consecutivo e maior detentor de títulos com trinta e duas conquistas. A Internazionale vem como segundo maior detentor de títulos, dezoito no total. A Inter de Milão viveu seu melhor momento no Campeonato Italiano com a conquista do pentacampeonato de 2005/06 a 2009/10. Em 2011 o Milan foi campeão e depois disso só deu Juventus. Entre os principais títulos da Inter de Milão estão, sete Copas da Itália, cinco Supercopas da Itália, três Copas da UEFA, três Liga dos Campeões da UEFA, duas Copas Intercontinentais e um Mundial de Clubes FIFA em 2010. Agora Frank de Boer irá tentar quebrar esta sequência de títulos da Juventus, no mínimo que se espera é uma classificação para a Liga dos Campeões, pois a Inter não participa do principal torneio entre Clubes da Europa desde a temporada de 2010/11 quando a Inter foi vice-campeã do  Campeonato Italiano, conquistando uma vaga para a Liga dos Campeões.

Boas Apostas!