Para os seguidores do futebol de base, tem fim-de-semana grande na Europa. O estádio Colovray, em Nyon, recebe a “final-four” da Youth League, competição criada pela UEFA que equivale à Liga dos Campeões no escalão de sub-19. Barcelona, Benfica, Real Madrid, e Red Bull Sazlburg participam na decisão da quarta edição da prova.

Foto: "UEFA"

Foto: “UEFA”

As emoções do futebol de base regressam à Suíça, nas imediações do “quartel general” da UEFA, com a disputa da “final-four” da “Liga dos Campeões jovem”, prova oficial que sucedeu ao “Next Gen Series”, que funcionava por convite. Atualmente, os participantes na UEFA Youth League são times cujos séniores disputam a Liga dos Campeões, ou campeões dos respetivos países, se dividindo em diferentes caminhos. No caso dessa “final-four”, Barcelona, Benfica e Real Madrid entraram diretamente, com o Red Bull Salzburg a seguir outro caminho na condição de campeão austríaco.

Barcelona quer voltar a sorrir

Os produtos de “La Masia” são por todos conhecidos e a academia catalã continua a revelar grandes talentos. Vencedor em 2015 ao derrotar o Benfica na final (0-3) com a geração de El Haddadi ou Adama Traoré, o Barcelona chega a esta “final-four” após ter eliminado dois rivais de respeito: Borussia Dortmund (4-1) e Porto (2-1). Pela frente vai ter os austríacos do Red Bull Salzburg, uma surpresa meramente para quem não conhece o trabalho que tem sido desenvolvido tanto em Leipzig como Salzburgo, localidades que tem das melhores instalações para os jovens da base. Nas oitavas, o time austríaco goleou o PSG por cinco bolas a zero, se superiorizando posteriormente ao Atlético de Madrid (2-1). Agora, o meia Xavier Schalger e companhia querem surpreender outro adversário espanhol, o Barcelona, neste caso.

Reeditar a semifinal de 2013/14

No ano de estreia da competição, Benfica e Real Madrid se enfrentaram na semifinal, com o resultado a ser claramente favorável ao time português, capaz de construir uma goleada de quatro a zero. Com um percurso algo acidentado na fase de grupos por conta do envolvimento de vários sub-19 nos jogos do time de reservas, o Benfica foi obrigado a disputar um “play-off” de acesso às oitavas, defrontando o Midtjylland, campeão da Dinamarca. No frio do norte da Europa, os jovens benfiquistas venceram nas grandes penalidades, marcaram encontro com o PSV Eindhoven nas oitavas e voltaram a se superiorizar na decisão através de pênaltis. Antes de aceder à “final-four”, o time benfiquista foi a Moscovo bater o CSKA por dois gols sem resposta. José Gomes é uma das principais figuras do time que vai contar também com Kalaica, central que costuma participar dos trabalhos do time principal.

O Real Madrid procura “vingar” a goleada imposta em 2014, reencontrando um adversário português após ter medido forças com o Sporting na primeira fase. Vencedor do grupo F, passa pelo Mónaco (3-4) na França e também atirou o bom time do Ajax (2-1) para fora da prova nas quartas. Dani Gómez e Sergio Díaz  querem levar o emblema “merengue” à final, algo que seria inédito. Na época passada, o Real caiu frente ao PSG nas semis.

Boas Apostas!