Entre as melhores seleções da Eurocopa 2016, estão com certeza Espanha e Portugal. A seleção portuguesa vice-campeã de 2004 e semifinalista de 2012 tem como arma principal o craque incontestável Cristiano Ronaldo, um atacante que seria titular em qualquer seleção do mundo. A seleção da Espanha também vem como uma das favoritas para a Eurocopa 2016, campeã mundial em 2010 e três vezes campeã da Eurocopa (1964, 2008 e 2012), tem sua participação esperada por admiradores do bom futebol.

Nós sabemos do potencial das duas seleções, ambas tem em seu elenco grandes craques que compõem estas seleções, porém vamos nos ater as jovens promessas. Entre os jovens destaques que podemos comentar,  se destacam alguns jogadores, entre eles estão os jovens Héctor Bellerín e Álvaro Morata da Espanha e Renato Sanches e Bernardo Silva de Portugal. Fiquem de olho nestas promessas, eles são o futuro do futebol de suas seleções.

Promessas da Espanha

Héctor Bellerín e Álvaro Morata.

Héctor Bellerín e Álvaro Morata.

Héctor Bellerín é um jovem lateral-direito de apenas 21 anos que já é reconhecido como uma grande promessa do futebol europeu. Bellerín é titular do Arsenal com uma grande frequência, tem como características uma grande ofensividade e agora na Eurocopa vem em busca de sua firmação na seleção espanhola, porém tem como concorrente Azpilicueta, titular da posição. O jogador teve passagem pelo Watford por empréstimo do final de 2013 até o final de 2014, se destacou pelo seu desempenho ofensivo e assistências para gol. Com participações pela seleção espanhola de Sub-16 a Sub-21, foi convocado para a Eurocopa pelo técnico Vicente Del Bosque, após lesão de Carvajal. Vamos ficar de olho nesta Eurocopa, trata-se de um grande jogador que promete se destacar entre os melhores.

Álvaro Morata é outra promessa da equipe da Espanha, o atleta não é apenas uma promessa, por ser um dos mais velhos de nossa lista, com 23 anos, Álvaro Morata já tem um lugar conquistado na seleção da Espanha, o atacante ambidestro de quase 1,90 m de altura, é jogador da equipe pentacampeã da Itália, a Juventus. Revelado nas categorias de base do Atlético de Madrid, ainda na base passou por Getafe e Real Madrid. Em 2010, subiu para a equipe B do Real Madrid e começou a figurar entre a equipe principal e a B de 2010 a 2013, alcançando seu espaço no grupo principal do Real Madrid em 2014, porém foi negociado com a Juventus, time o qual ainda faz parte. Esta jovem promessa da Espanha, Álvaro Morata tem participações na seleção espanhola desde o Sub-17 e atualmente é uma das grandes opções de ataque da seleção principal da Espanha na Eurocopa 2016. Suas principais características estão no jogo aéreo e proteção de bola, além disso, o jogador tem um grande potencial de finalização com os dois pés. Uma opção ofensiva bastante técnica, tem um bom sentido de oportunismo e bom posicionamento, é uma grande opção de ataque.

Promessas de Portugal

Renato Sanches e Bernardo Silva.

Renato Sanches e Bernardo Silva.

Pelo lado de Portugal, temos o mais jovem jogador de nossa lista, apenas 18 anos. Renato Sanches é o nome dele, o atleta que atua no meio campo, tanto marca quanto ataca com a mesma eficiência. Revelado nas categorias de base do Águias da Musgueira, equipe em que começou a treinar com apenas oito anos em 2005, já em 2006 foi para o Benfica, onde ficou até 2014 nas categorias de base. Em 2014 subiu para a equipe B e em outubro de 2015 fez sua estréia na equipe principal. Não se engane com a pouca idade, titular do Benfica na última temporada, chamou a atenção do gigante alemão Bayern de Munique e foi comprado por impressionantes € 35 Milhões ( R$ 140 Milhões), estes valores ainda podem aumentar se o jogador atingir alguns objetivos, existe uma cláusula de contrato que garante um aumento que pode chegar aos  € 80 Milhões ( R$ 240 Milhões). O jogador vem tendo participações na seleção portuguesa desde o Sub-15 e agora ganha espaço na seleção principal.

Bernardo Silva é outro destaque entre as promessas da seleção de Portugal. O meia que iniciou aos oito anos nas categorias de base do Benfica em 2002, acabou subindo para a equipe B em 2013 e já foi para a equipe principal no mesmo ano. O jogador foi emprestado para o Monaco em 2014 e em 2015 foi contratado pelo clube, onde atua até hoje. O jogador vem atuando pela seleção portuguesa desde o Sub-19 e agora ganha a chance de atuar na Eurocopa 2016. Estes dois jogadores significam uma nova safra da seleção portuguesa, vamos analisar o desempenho destes dois jovens jogadores.

Boas Apostas!