No início de novembro, duas grandes seleções europeias, Itália e França, anunciaram os seus respectivos convocados para as próximas duas partidas de cada uma das seleções, uma delas pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 e outra um amistoso. A seleção italiana enfrentará fora de casa no próximo sábado (12) a seleção de Liechtenstein pela quarta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, enquanto a partida seguinte será em casa contra a seleção da Alemanha em um amistoso realizado no próximo dia 15 de novembro. Atualmente, a Itália ocupa a segunda colocação do Grupo G das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, estando com a mesma pontuação que a líder Espanha, porém, com um saldo de gols de 3 positivos, enquanto a Fúria está com 10 gols positivos.

Já a França, que também convocou seus jogadores no início de novembro, jogará em casa no próximo dia 11, sexta-feira, contra a Suécia pela quarta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo, enquanto no dia 15, terça-feira, jogará contra um amistoso em casa contra a seleção da Costa do Marfim. Atualmente, a seleção francesa aparece na primeira colocação do Grupo A das Eliminatórias europeias para o próximo mundial, que será disputada na Rússia, estando com a mesma pontuação e saldo de gols da segunda colocada, Suécia.

Convocação e corte da seleção italiana

Claudio Marchisio atuando pela seleção italiana.

Claudio Marchisio atuando pela seleção italiana.

No último sábado (05) o treinador da seleção italiana, Giampiero Ventura, convocou os 28 jogadores que defenderão a Itália nas próximas duas partidas da equipe, contra Liechtenstein e Alemanha. Com algumas poucas surpresas, a lista de convocados contou com a volta do meio-campista Claudio Marchisio, que volta ser chamado depois de seis meses longe da seleção italiana. Afastado devido uma lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, Marchisio não defende sua seleção desde novembro do ano passado e foi o principal destaque na convocação de sábado. Porém, na última segunda-feira (07) a federação italiana anunciou que o meio-campista foi cortado da seleção por precaução, não podendo participar das duas partidas deste mês e sendo substituído por Roberto Gagliardini, do Atalanta. Outros destaques foram os atacantes Simone Zaza e Lorenzo Insigne, que não eram chamados desde a Eurocopa.

Goleiros: Gianluigi Buffon (Juventus-ITA), Gianluigi Donnarumma (Milan-ITA), Mattia Perin (Genoa-ITA);

Defensores: Luca Antonelli (Milan-ITA), Leonardo Bonucci (Juventus-ITA), Matteo Darmian (Manchester United-ING), Mattia De Sciglio (Milan-ITA), Alessio Romagnoli (Milan-ITA), Daniele Rugani (Juventus-ITA), Davide Zappacosta (Torino-ITA), Davide Astori (Fiorentina-ITA), Armando Izzo (Genoa-ITA);

Meio-campistas: Giacomo Bonaventura (Milan-ITA), Antonio Candreva (Inter de Milão-ITA), Danilo Cataldi (Lazio-ITA), Daniele De Rossi (Roma-ITA), Marco Parolo (Lazio-ITA), Marco Verratti (Paris Saint-Germain-FRA), Roberto Gagliardini (Atalanta-ITA);

Atacantes: Andrea Belotti (Torino-ITA), Eder (Inter de Milão-ITA), Lorenzo Insigne (Napoli-ITA), Manolo Gabbiadini (Napoli-ITA), Matteo Politano (Sassuolo-ITA), Nicola Sansone (Villarreal-ESP), Ciro Immobile (Lazio-ITA), Leonardo Pavoletti (Genoa-ITA), Simone Zaza (West Ham-ING);

Convocação e corte da seleção francesa

Patrice Evra atuando pela França.

Patrice Evra atuando pela França.

Na última quinta-feira (03) o treinador da seleção francesa, Didier Deschamps, anunciou a lista de convocados para as próximas duas partidas da França, as quais encerrarão a temporada da seleção em 2016. Entre os destaques da lista de Deschamps, está a ausência de Karim Benzema, que segue sem ser chamado pelo treinador da seleção francesa desde 2015 devido a polêmica envolve ele e Valbuena, também da seleção francesa. Além disso, o atacante Anthony Martial, que vem fazendo uma temporada ruim no Manchester United, não foi chamado, ao contrário de Ousmane Dembélé, que aos 19 anos está de volta a seleção. Porém, a lista teve uma baixa anunciada na última segunda-feira (07), quando a Federação Francesa de Futebol anunciou que o lateral esquerdo Layvin Kurzawa, do Paris Saint-Germain, sofreu uma lesão e não poderá defender a França. Com isso, o treinador chamou Patrice Evra, da Juventus, para atuar no seu lugar.

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham-ING), Steve Mandanda (Crystal Palace-ING), Alphonse Aréola (Paris Saint-Germain-FRA);

Defensores: Raphael Varane (Real Madrid-ESP), Laurent Koscielny (Arsenal-ING), Samuel Umtiti (Barcelona-ESP), Adil Rami (Sevilla-ESP), Sébastien Corchia (Lille-FRA), Lucas Digne (Barcelona-ING), Patrice Evra (Juventus-ITA), Djibril Sidibe (Monaco-FRA);

Meio-campistas: N’Golo Kanté (Chelsea-ING), Adrien Rabiot (Paris Saint-Germain-FRA), Moussa Sissoko (Tottenham-ING), Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain-FRA), Paul Pogba (Manchester United-ING), Dimitri Payet (West Ham-ING);

Atacantes: Kingsley Coman (Bayern de Munique-ALE), Ousmane Dembélé (Borussia Dortmund-ALE), Nabil Fekir (Lyon-FRA), Kevin Gameiro (Atlético de Madri-ESP), Olivier Giroud (Arsenal-ING), Antoine Griezmann (Atlético de Madri-ESP).

Boas Apostas!