Ao contrário das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo, que já teve oito rodadas disputadas, as Eliminatórias europeias para o próximo mundial estão apenas no começo, já que apenas uma rodada foi disputada até agora. Na última sexta-feira (30), algumas seleções anunciaram os jogadores que defenderão seus respectivos países nas próximas duas rodadas das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia daqui dois anos. Entre elas estão a atual campeã, Alemanha, e a campeã mundial em 2010, Espanha.

Ocupando atualmente a primeira colocação do Grupo C das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção da Alemanha fez sua estreia no torneio contra a Noruega fora de casa, vencendo por 0x3 com dois gols de Thomas Muller e um de Kimmich. Nas próximas duas rodadas, a atual campeã mundial enfrentará em casa a República Tcheca, no dia 08 de outubro (sábado) às 15h45 e a Irlanda do Norte no dia 11 do mesmo mês (terça-feira) às 15h45.

Já a seleção espanhola, que também é líder do seu grupo (G), conseguiu uma vitória na sua estreia, vencendo em casa a seleção de Liechtenstein por incríveis 8×0, com dois gols de Diego Costa, dois de Morata, dois de David Silva, um de Sergi Roberto e outro de Vitolo. Nas próximas rodadas, a Espanha enfrentará fora de casa a forte Itália no dia 06 de outubro (quinta-feira) às 15h45 e a Albânia no dia 09 de outubro (domingo) também às 15h45.

Convocação alemã

Gundogan comemorando gol pela seleção da Alemanha.

Gundogan comemorando gol pela seleção da Alemanha.

A lista divulgada na última sexta-feira (30) pelo treinador Joachum Low teve como principal destaque a volta de alguns jogadores, como o meio-campista Ilkay Gundogan, que há muito tempo não vestia a camisa da seleção alemã. Atualmente no Manchester City, o meio-campista passou grande parte da última temporada se recuperando de uma série de lesões, sendo forçado a ficar fora da seleção da Alemanha por cerca de 330 dias. Outros jogadores que voltaram para a seleção foram o zagueiro Jerome Boateng, que se recuperou de lesão e atualmente defende o Bayern de Munique, o lateral Sebastian Rudy do Hoffeinheim e o atacante Mario Gomes, atualmente no Wolfsburg. Tratando-se das ausências na convocação, a mais sentida é a do meio-campista Marco Reus, que ainda está se recuperando de um problema físico e não vem jogando nem pelo Borussia Dortmund.

Goleiros: Neuer (Bayern de Munique-ALE), Leno (Bayer Leverkusen-ALE), Ter Stegen (Barcelona-ESP);

Defensores: Mustafi (Arsenal-ING), Howedes (Schalke 04-ALE), Hummels (Bayern de Munique-ALE), Boateng (Bayern de Munique-ALE), Kimmich (Bayern de Munique-ALE), Rudy (Hoffenheim-ALE), Hector (Colônia-ALE);

Meio-campistas: Khedira (Juventus-ITA), Weigl (Borussia Dortmund-ALE), Gundogan (Manchester City-ING), Kroos (Real Madrid-ESP), Ozil (Arsenal-ING), Draxler (Wolfsburg-ALE), Max Meyer (Schalke 04-ALE), Gotze (Borussia Dortmund-ALE);

Atacantes: Muller (Bayern de Munique-ALE), Volland (Bayer Leverkusen-ALE), Brandt (Bayer Leverkusen-ALE), Mario Gomez (Wolfsburg-ALE);

Convocação espanhola

Diego Costa jogando pela seleção espanhola.

Diego Costa jogando pela seleção espanhola.

Quem também anunciou os seus convocados na sexta-feira (30) foi Julen Lopetegui, treinador da seleção espanhola. Entres os destaques divulgados pela imprensa espanhola, está a presença do brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, que marcou dois gols na vitória por 8×0 da Espanha na primeira rodada das Eliminatórias e vem vivendo um bom momento no Chelsea, onde é o artilheiro com cinco gols marcados. A novidade da convocação ficou por contra de José Callejón, jogador do Napoli que fez apenas duas partidas pela seleção, contra Belarus pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016 e um amistoso contra a Alemanha, ambas as partidas disputadas em 2014. Podemos ainda destacar as voltas de Andrés Iniesta e de Isco, que não disputaram as partidas contra a Bélgica e Liechtenstein por conta de uma lesão.

Goleiros: De Gea (Manchester United-ING), Pepe Reina (Napoli-ITA), Sergio Rico (Sevilla);

Defensores: Nacho (Real Madrid-ESP), Jordi Alba (Barcelona-ESP), Piqué (Barcelona-ESP), Sergio Ramos (Real Madrid-ESP), Carvajal (Real Madrid-ESP), Sergi Roberto (Barcelona-ESP), Javi Martínez (Bayern de Munique-ALE);

Meio-campistas: Busquets (Barcelona-ESP), David Silva (Manchester City-ING), Thiago Alcântara (Bayern de Munique-ESP), Saúl Ñíguez (Atlético de Madrid-ESP), Iniesta (Barcelona-ESP), Koke (Atlético de Madrid-ESP), Isco (Real Madrid-ESP);

Atacantes: Morata (Real Madrid-ESP), Lucas Vázquez (Real Madrid-ESP), Nolito (Manchester City-ING), Callejón (Napoli-ITA), Diego Costa (Chelsea-ING), Vitolo (Sevilla-ESP).

Boas Apostas!