Na tarde da última sexta-feira (16) o técnico da seleção brasileira, Tite, divulgou a lista dos 24 jogadores que defenderão o Brasil em duas partidas válidas pelas próximas rodadas da Eliminatória sul-americana para a Copa do Mundo de 2018.

Tite durante a convocação da última sexta-feira (16).

Tite durante a convocação da última sexta-feira (16).

Ao lado do coordenador-técnico Edu Gaspar, Tite explicou o porquê ele chamou 24 jogadores para essas duas partidas e não 23 como de costume. “Paulinho, suspenso, só pode enfrentar a Venezuela. Por isso vamos levar um a mais”, explicou Tite, lembrando que o jogador está suspenso por cartões amarelos e só poderá participar da partida contra a Venezuela.

A seleção brasileira ocupa atualmente a segunda colocação das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, estando com quinze pontos, apenas um ponto atrás do líder Uruguai. No próximo dia 06, a seleção brasileira enfrentará a seleção da Bolívia na Arena das Dunas pela 9ª rodada das eliminatórias, enquanto no próximo dia 11 jogará na cidade de Mérida contra a seleção da Venezuela pela 10ª rodada da competição. A maioria dos jogadores irão se apresentar nos dias 2 e 3 de outubro, com exceção dos atletas que jogarão por seus clubes nesses dias, como por exemplo, Gabriel Jesus pelo Palmeiras no dia 3. “A ideia é manter que o atleta jogue no seu clube e depois cuide na logística da seleção. O Gabriel Jesus não vai estar conosco na viagem, mas tem algo pronto preparado”, afirmou Gaspar.

Convocação

Thiago Silva treinando pela seleção brasileira.

Thiago Silva treinando pela seleção brasileira.

Nesta segunda convocação, o técnico Tite promoveu a volta de alguns jogadores que não atuavam há algum tempo pela seleção brasileira, o meio-campista Oscar e o zagueiro Thiago Silva. Se comparada com a primeira lista divulgada por Tite, a convocação anunciada na última quarta-feira possui seis mudanças: Alex Muralha, Thiago Silva, Oscar, Fernandinho, Roberto Firmino e Douglas Costa. Para isso, outros seis jogadores ficaram de fora da segunda convocação de Tite, são eles: Marcelo Grohe, Pedro Geromel, Rafael Carioca, Taison e Gabigol. Confira abaixo a lista de convocados para as duas próximas partidas da seleção brasileira:

Goleiros: Alisson (Roma-ITA), Alex Muralha (Flamengo-BRA), Weverton (Atlético-PR-BRA);

Zagueiros: Gil (Shandong Luneng-CHI), Marquinhos (PSG-FRA), Miranda (Atlético de Madrid-ESP), Thiago Silva (PSG-BRA);

Laterais: Daniel Laves (Juventus-ITA), Fágner (Corinthians-BRA), Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP);

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid-ESP), Fernandinho (Manchester City-ING), Giuliano (Zenit-RUS), Lucas Lima (Santos-BRA), Oscar (Chelsea-ING), Paulinho (Guangzhou Evergrande-CHI), Philippe Coutinho (Liverpool-ING), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHI), Willians (Chelsea-ING);

Atacantes: Douglas Costa (Bayern de Munique-ALE), Roberto Firmino (Liverpool-ING), Gabriel Jesus (Palmeiras-BRA), Neymar (Barcelona-ESP);

Muralha foi o maior destaque da convocação

Alex Muralha treinando pelo Flamengo.

Alex Muralha treinando pelo Flamengo.

A grande surpresa na convocação de Tite foi a presença do goleiro Alex Muralha, que atualmente defende o Flamengo e que terá a primeira chance de defender a camisa da seleção brasileira. Logo depois da divulgação da lista de convocados, Tite realizou uma entrevista coletiva e quando foi perguntado sobre a convocação do goleiro, afirmou que Muralha vem jogando bem há dois anos, desde quando defendia o Figueirense e que merecia ser convocado. “(Ele) vem fazendo um grande campeonato, assim como fez quando estava no Figueirense. Tu tem um lastro de dois anos de um atleta mantendo o padrão de atuação. Merece sua convocação”, afirmou o treinador.

Alex Muralha tornou-se conhecido no futebol brasileiro depois de se destacar pelo Figueirense no ano passado, onde mesmo quase sendo rebaixado conseguiu ser um dos destaques do Campeonato Brasileiro de 2015. Depois do Figueirense, Muralha se transferiu para o Flamengo em dezembro de 2015. Conseguindo sua titularidade na equipe carioca aos poucos, o goleiro é hoje titular absoluto no gol do Flamengo, assumindo a posição que antes era de Paulo Victor. No Campeonato Brasileiro, Alex Muralha participou de vinte e duas partidas pelo Flamengo, ajudando a equipe a ter uma das melhores defesas do Brasileirão, com vinte e cinco gols sofridos em vinte e cinco partidas.

Boas Apostas!