Nasceu em Madrid em 1995, mas o sobrenome não deixa grandes duvidas quanto a sua ascendência. O jovem atacante Munir El Haddadi, 23 anos, continua a atuar no país que o viu nascer ao serviço do Alavés, mas gostaria de poder representar a nação da sua família: Marrocos. Sua intenção esbarrou nas normas imposta pela FIFA.

MunirA seleção do Marrocos está apurada para a fase final da Copa do Mundo da Rússia e, a poucos meses do certame, tentou um “reforço” de peso para o seu setor ofensivo. Munir El-Haddadi seria um acrescento importante para o time africano, porém, a possibilidade parece gorada.

Os responsáveis da federação marroquina apresentaram uma exposição na FIFA com o intuito de recrutar Munir El-Haddadi, isso tendo em vista a Copa do Mundo 2018. O recurso apresentado se deveu ao fato de Munir já ter representado a seleção espanhola. Apontado como uma enorme promessa do futebol espanhol graças a suas boas prestações ao serviço do Barcelona – conquistou a UEFA Youth League com o time sub-19 e chegou a atuar pelo time principal -, Munir El Haddadi foi convocado por Vincente Del Bosque para a seleção principal em setembro de 2014, isso depois de já ter representado “La Roja” nos escalões de sub-19 e sub-21. Na altura, uma lesão do atacante Diego Costa abriu uma vaga nos eleitos de Del Bosque para o primeiro compromisso de apuramento para o Euro 2016, frente à Macedónia, em Valência, e a escolha para preencher o lugar recaiu sobre Munir El-Haddadi. A partida disputada no Mestalla culminou com um triunfo por cinco bolas a uma da formação local e El-Haddadi chegou mesmo a subir ao gramado a 13 minutos do final, substituindo Koke.

Essa noite comprometeu qualquer aspiração de Munir El-Haddadi em vir a representar outra seleção que não a de Espanha. Atualmente ao serviço do Alavés por empréstimo do Barcelona, El-Haddadi não poderá representar o time marroquino na Copa do Mundo 2018, uma vez que a FIFA rejeitou abrir uma excepção nesse caso. A decisão do organismo que tutela o futebol mundial foi comunicada há alguns dias mas só hoje foi tornada pública.

Nadil Dirar (Fenerbahçe) e Amrabat (Leganés) são as principais figuras atacantes do time magrebino que nessa pausa para compromissos internacionais tem dois duelos agendados: um frente à Sérvia, nessa sexta-feira, e outro ante o Uzbequistão, na próxima terça. Na Copa do Mundo, partilhará a chave com Espanha, Portugal e Irão. Sua estreia na prova está agendada para 15 de junho.

Boas Apostas!