O lateral-direito da seleção brasileira Daniel Alves, completou neste dia 07 de outubro, uma década servindo a seleção principal do Brasil. O jogador nascido em 06 de maio de 1983, está atualmente com 33 anos e tem uma bela carreira no mundo do futebol.

Brasil campeão da Copa das Confederações de 2013.

Brasil campeão da Copa das Confederações de 2013.

Daniel Alves estreou pela seleção principal em 07 de outubro de 2006, em um jogo amistoso não-oficial contra o Kuwait SC, clube do Kuwait. Em sua trajetória pela seleção principal foram  96 jogos, 65 vitórias, 18 empates e 13 derrotas, com 7 gols e 1 gol contra. Viveu um momento especial em uma partida válida pela Copa das Confederações de 2009 na semifinal contra a África do Sul, quando aos 88’ Daniel Alves fez de falta o único gol da partida que levou o Brasil à grande final contra os Estados Unidos, onde o Brasil venceu de virada por 3×2, conquistando o título daquela edição.  Além do título de campeão da Copa das Confederações de 2009, Daniel Alves já tinha conquistado a Copa América de 2007, seu primeiro título pela seleção principal. Antes disso, Daniel Alves já tinha sido campeão mundial Sub-20 pelo Brasil. Daniel Alves voltaria a ser campeão novamente pela seleção brasileira em 2013, seu segundo título de campeão da Copa das Confederações.

Sucesso nos clubes onde passou

Daniel Alves campeão da Liga dos Campeões 2014/15 pelo Barcelona.

Daniel Alves campeão da Liga dos Campeões 2014/15 pelo Barcelona.

Nascido em Juazeiro na Bahia, o jogador iniciou os primeiros passos no futebol aos 13 anos, nas categorias de base do Juazeiro Social Clube em sua cidade natal. Aos 15 anos foi para a base do Esporte Clube Bahia onde em 2001 aos 18 anos, começou a figurar na escalação dos profissionais. Ajudou o Bahia a conquistar duas Copas do Nordeste (2001 e 2002). Em 2002 Daniel já foi emprestado por um ano ao clube espanhol Sevilla. Durante esta época, Daniel Alves foi campeão mundial pela seleção brasileira Sub-20. Daniel atuou poucas vezes pelo Sevilla durante o empréstimo, mas mesmo atuando somente em dez partidas durante o ano de empréstimo, agradou tanto a torcida do Sevilla, que o clube o contratou já no ano seguinte. Pelo Sevilla atuou por cinco anos, com 235 partidas e 16 gols. Ajudou o Sevilla na conquista de duas Copas da UEFA (2005/06 e 2006/07), uma Supercopa Europeia (2006), uma Copa do Rei da Espanha (2006/07) e uma Supercopa da Espanha (2007). O Barcelona logo se interessou pelo promissor lateral-direito e o contratou em 2008, lá Daniel Alves permaneceria até 2016. Durante estes longos oito anos, Daniel Alves conquistou vários títulos em seu auge na carreira. Vestindo a camisa do Barcelona, foram 23 títulos conquistados, entre os principais estão seis títulos do Campeonato Espanhol, três Liga dos Campeões e três Copas do Mundo de Clubes da FIFA. Em 2016 o atleta mudou os rumos de sua carreira, migrou para a Itália, para atuar pelo multicampeão Juventus. Na sua carreira, Daniel Alves conquistou diversos prêmios individuais, entre os principais estão o melhor jogador da Copa da UEFA (2005/06), melhor jogador da Supercopa Europeia (2006), quatro vezes no Time do Ano da UEFA, seis vezes no Time do Ano da FIFA, melhor lateral-direito da La Liga(Campeonato Espanhol) (2008/09), seleção FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) por cinco vezes, entre outros.

Do Barcelona para a Juventus

Daniel Alves em sua apresentação na Juventus.

Daniel Alves em sua apresentação na Juventus.

Após oito anos vestindo a camisa do Barcelona, Daniel Alves deixou a equipe catalã para vestir a camisa do clube italiano Juventus. Ocorreram rumores de que o brasileiro iria para o Manchester United, futebol chinês, PSG (Paris Saint-Germain), porém depois de muitas especulações, sua ida para o clube italiano foi confirmada. O brasileiro assinou um contrato de 2 anos até 2018 com o gigante italiano, a imprensa não divulgou os valores de contrato, porém o salário do jogador brasileiro será de cerca de 3,5 milhões de euros (R$ 13 milhões) por temporada.

Daniel chegou ao time italiano como uma grande esperança para a participação na Liga dos Campeões, já que a Juventus é a maior detentora de títulos da Itália na Serie A TIM (Campeonato Italiano da divisão principal) e já conquistou por duas vezes a Liga dos Campeões, porém os títulos foram conquistados em 1984/1985 e 1995/96, o último a duas décadas.  O próprio Daniel Alves comentou sobre o assunto no momento em que chegou ao seu novo clube: “Quando saí do Barcelona, disse que queria novos desafios. O Juventus está há muito tempo sem vencer a Champions League. Quero ajudá-los a voltar a vencer esta competição. Venho para cá com este pensamento”.

Boas Apostas!