Sentença definida. Nas últimas cinco jornadas da La Liga 2017/18, o Málaga já sabe que só vai lutar pela defesa da sua própria honra. O emblema do sul de Espanha viu a sua descida ao segundo escalão ser confirmada na noite de quinta-feira (19).

Foto: "La Liga"

Foto: “La Liga”

Há muito que este desfecho se adivinhava: no fundo da tabela classificativa de há várias jornadas a esta parte e com constantes dissabores ao longo da sua caminhada, o Málaga nem precisou de chegar à última jornada para ver a sua despromoção confirmada. Em noite de deslocação ao terreno do Levante, emblema que está imediatamente acima da linha de perigo com 34 pontos conquistados em 33 rondas, o Málaga sabia que um desaire poderia ser decisivo quanto ao seu futuro.

Na deslocação ao norte do país, a formação do La Rosaleda averbou um desaire por uma bola a zero que confirmou seu retorno à Liga Adelante. A equipe treinada por José González sofreu o gol que ditou o desaire já para lá dos 90, cortesia de Emmanuel Boateng. Enquanto para o Málaga essa foi uma noite de confirmação quanto à relegação, no Ciutat de València, os torcedores locais tiveram motivos para festejar dado que viram seu time dar mais um passo bem importante na luta pela permanência entre a elite, ganhando dois pontos ao Deportivo que havia empatado em casa frente ao Sevilha na véspera.

Nesse momento, no que às contas da manutenção respeita, o cenário é o seguinte: após dez anos no principal escalão do futebol espanhol, o Málaga viu sua descida ser confirmada. Vale lembrar que nesse período de tempo o time do sul da Espanha chegou a figurar na Liga dos Campeões e ultrapassou inclusive a fase de grupos da competição, sendo posteriormente penalizado pela UEFA em função de irregularidades no financiamento por parte de uma entidade externa. Essa é a segunda vez que o Málaga é relegado nos últimos 24 anos.

Na penúltima posição segue o Las Palmas. O emblema das Canárias averbou mais uma derrota nessa rodada, frente ao Real Bétis, e poderá mesmo ver sua relegação confirmada dentro em breve. O Deportivo, no antepenúltimo lugar com 27 pontos, está a sete do Levante (17º) e s esperanças também são mais ténues a cada rodada que passam. Vale lembrar que estão apenas 15 pontos em disputa até ao termo da competição, imperando a necessidade de correr “contra o relógio”. No topo, o Barcelona, com 12 pontos de vantagem em relação ao Atléti, estará prestes a confirmar a conquista do título de campeão. Os quatro lugares de acesso à Liga dos Campeões parecem estar entregues a Barcelona, Atlético de Madrid, Real Madrid e Valência, enquanto Bétis, Villarreal, Sevilha e Girona ainda aspiram a chegar na Liga Europa.

Boas Apostas!