Está consumada a primeira grande surpresa da terceira eliminatória da EFL Cup, Copa da Liga inglesa. O Derby County treinado por Frank Lampard, ex-jogador do Chelsea que cumpre sua experiência como técnico principal, foi vencer o Manchester United a Old Trafford e pegou destaque nessa primeira noite de confrontos.

Foto: "Martin Rickett/PA"

Foto: “Martin Rickett/PA”

Em noite de receção ao Derby County na terceira eliminatória da Taça da Liga, Juan Mata até deu o mote para uma noite tranquila ao adiantar o United no marcador logo aos três minutos, mas o gol do espanhol não era mais que o início de uma longa noite tanto para os donos da casa quanto para os visitantes que até terminaria pior para os “Red Devils”.

Após uma primeira parte em que o United até soube demonstrar sua superioridade, a equipe de Mourinho foi abrandando o ritmo, caiu de intensidade e o Derby County soube aproveitar. A margem miníma é sempre um resultado bem perigoso e, por volta do minuto 15 da segunda etapa, Harry Wilson cobrou um livre de forma exemplar que só parou no fundo da rede à guarda de Sergio Romero, confirmando o crescimento da equipe visitante. Para complicar a situação, ao minuto 22 do segundo tempo, Sergio Romero tocou a bola com a mão fora da área e recebeu ordem de expulsão. Mourinho lançou Lee Grant para a baliza e se viu obrigado a retirar Juan Mata da partida. O “balde de água gelada” cairia em Old Trafford a cinco minutos do fim. Jack Marriott, lançado por Frank Lampard na etapa final do desafio, atirou para o 1-2, deixando o United à beira do adeus à Copa da Liga.

Apostado em “sufocar” o Derby na tentativa de chegar ao empate, o United chegou ao 2-2 e adiou a decisão já para lá dos 90, com o internacional belga Marouane Fellaini a responder à solicitação do português Diogo Dalot, uma das novidades no onze dos donos da casa.

Na Copa da Liga inglesa não há lugar a prorrogação quando se regista empate no tempo regulamentar, pelo que o desafio seguiu para as grandes penalidades. Após 15 tentativas, Phil Jones falhou o alvo e o Manchester United foi eliminado da Copa da Liga inglesa.

Maioria dos favoritos em frente 

O Manchester City foi no reduto do Oxford United confirmar sua superioridade e venceu por três a zero, com um dos gols a ser apontados por Gabriel Jesus. Os primodivisionários Fulham, Bournemouth e Crystal Palace confirmaram seus favoritismos ao vencerem, respetivamente, Millwall (1-3), Blackburn (3-2) e West Brom (0-3). O Leicester foi ao reduto do Wolves vencer nas grandes pnealidades e o Burnley foi surpreendido na visita ao Burton Albion (2-1).

Boas apostas!