Depois de quase três anos sem nenhum título, o argentino Juan Martín Del Potro encerrou o jejum ao vencer o ATP 250 de Estocolmo no fim deste ano. Passando por Ivo Karlovic nas quartas de finais e pelo búlgaro Grigor Dimitrov nas semifinais, o tenista argentino enfrentou na final do torneio o norte-americano Jack Sock e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7-5 e 6-1.

Juan Martín Del Potro com a taça do ATP 250 de Estocolmo.

Juan Martín Del Potro com a taça do ATP 250 de Estocolmo.

Além de encerrar o grande jejum sem título, Del Potro venceu o 19º título de toda a sua carreira e ainda voltará a aparecer entre os 50 primeiros colocados do ranking mundial da ATP, algo que não acontecia há exatos dois anos, desde outubro de 2014. Com os 250 pontos conquistados no torneio de Estocolmo, o argentino que estava na 63ª colocação, passará a aparecer na 42ª colocação do ranking mundial do tênis masculino. “Este torneio significa muito porque é o primeiro título depois da minha volta. Agradeço pela participação. Muito obrigado aos organizadores pelo convite, acredito que tenha sido uma boa decisão”.

O início da final do ATP 250 de Estocolmo entre Juan Martín Del Potro e Jack Sock foi equilibrado, com ambos os tenistas sacando bem e confirmaram os seus serviços. Porém, no 11º game, o argentino conseguiu quebrar o saque de Sock e no game seguinte confirmou o seu saque, vencendo assim o primeiro set da final por 7-5. No set seguinte, Del Potro conseguiu dominar o seu adversário e com facilidade acumulou cinco games consecutivos vitoriosos, vencendo o segundo set com parciais de 6-1 e encerrando a partida com uma vitória por em 2 sets a 0.

Problemas de saúde e vice-campeão olímpico

Del Potro nas Olimpíadas do Rio.

Del Potro nas Olimpíadas do Rio.

Com esse título, o argentino Juan Martín Del Potro corou uma incrível história de volta por cima. Logo depois de conquistar o US Open de 2009, Del Potro sofreu com uma algumas lesões no punho direito e teve que ficar nove meses parado devido a cirurgia realizada no local. Alguns anos depois, no início de 2014, o tenista se submeteu a mais uma operação, dessa vez no punho esquerdo, algo que se repetiu em janeiro, quando abandonou o Aberto de Austrália, e junho de 2015. Sem conseguir melhorar sua principal arma dentro de quadra, Del Potro chegou a cogitar encerrar sua carreira. Porém, decidiu continuar e voltar às quadras em fevereiro deste ano, quando chegou às semifinais do ATP 250 de Delray Beach.

A partir daí, o tenista vem melhorando seus resultados, realizando boas partidas mesmo contra jogadores de alto nível. Nos Jogos Olímpicos do Rio, o argentino Del Potro fez uma bela campanha, surpreendendo a muitos ao eliminar dois dos melhores tenistas da atualidade no torneio simples masculino. Logo na primeira fase, Del Potro eliminou o número um do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic, enquanto nas semifinais conseguiu eliminar o espanhol Rafael Nadal. Na grande final do torneio simples, Del Potro enfrentou mais um grande tenista da atualidade, o britânico Andy Murray, que atualmente ocupa a segunda colocação do ranking mundial. Depois de uma partida duríssima que durou cerca de três horas, o argentino acabou perdendo por 3 sets a 1 e ficando com a medalha de prata das Olimpíadas, enquanto Murray tornou-se bicampeão olímpico.

Curiosidades sobre o argentino

Entre as curiosidades sobre o tenista argentino Juan Martín Del Potro é o fato começou sua carreira no tênis com apenas sete anos, vencendo o seu primeiro jogo com 15 anos, em 2004. Anos depois, em 2008, Del Potro tornou-se o segundo tenista adolescente da Era Aberta com a maior invencibilidade, ficando 23 partidas sem perder ao longo de cinco torneios, atrás apenas do espanhol Rafael Nadal. Além disso, foi o primeiro tenista que derrotou Roger Federer e Rafael Nadal durante um mesmo Grand Slam, vencendo ambos os tenistas no US Open de 2009, além de ser o segundo argentino e o quinto mais jovem homem a conquistar o US Open, vencendo em 2009 quando tinha 21 anos. Em 2008, Del Potro chegou ao Top 10 do ranking mundial do tênis masculino e em 2010 chegou a sua melhor posição no ranking, ficando em quarto.

Boas Apostas!