Depois de um ano quase perfeito, o português Cristiano Ronaldo corou o ano de 2016 com mais um prêmio conquistado. Na última segunda-feira (09) o jogador foi eleito pela quarta vez na sua carreira o melhor jogador do mundo, recebendo o prêmio The Best, dado pela primeira vez pela FIFA depois do encerramento da parceria entre a entidade máxima do futebol mundial e a revista France Football. Além de entregar o prêmio de melhor jogador do mundo, a FIFA também elegeu o melhor treinador do mundo, dado a Claudio Ranieri, que conquistou o Campeonato Inglês com a Leicester City, melhor jogadora, recebido pela norte-americana Carli Lloyd, melhor treinadora, dado à Silvia Neid, campeã olímpica com a seleção alemã e gol mais bonito do ano, Faiz Subri, que marco um inacreditável gol de falta no futebol da Malásia.

Premiação e ano incrível

IMAGEM 2º TÓPICO

Cristiano Ronaldo com o Prêmio The Best dado por Gianni Infantino.

Depois de receber o prêmio de Bola do Ouro de 2016, dado a partir desse ano apenas pela France Football, que encerrou durante o último ano sua parceria com a FIFA para a entrega do prêmio, todos já esperavam que Cristiano Ronaldo fosse eleito o melhor jogador do ano também pela FIFA, dada às conquistas do jogador durante 2016, onde consagrou-se campeão da Liga dos Campeões e Eurocopa. Disputando o prêmio com o argentino Lionel Messi com francês Antonie Griezmann, CR7 foi para a Suíça e recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo, recebendo 34,54% dos votos, enquanto o segundo colocado, Messi, ficou com 26,42% e o terceiro, Griezmann, com 7,53%. Com essa premiação, o jogador totaliza quatro prêmios de melhor do mundo, se aproximando de Lionel Messi, com cinco prêmios.

Durante 2016, Cristiano Ronaldo foi vice-campeão e artilheiro do Campeonato Espanhol com o Real Madrid, ficando apenas um ponto atrás do campeão Barcelona, de Lionel Messi. A falta de título no campeonato nacional não fez muita diferença para o jogador, que conquistou a Liga dos Campeões com o Real, a décima primeira da equipe espanhola, além de ter sido o artilheiro da competição, com 16 gols marcados. O jogador português ainda conquistou a Supercopa da UEFA de 2016, vencendo o Sevilla e adicionando mais um título de 2016. Já no final do ano, o português disputou o Mundial de Clubes, onde consagrou-se campeão e artilheiro, com 4 gols marcados. Depois desses títulos conquistados pelo clube, Cristiano Ronaldo finalmente venceu uma competição com a sua seleção, conquistando a Eurocopa de 2016, realizada na França, com Portugal.

Outras conquistas do português

Cristiano Ronaldo com a Bola de Ouro de 2014.

Cristiano Ronaldo com a Bola de Ouro de 2014.

Esse não foi o primeiro prêmio conquistado por Cristiano Ronaldo, que já foi eleito o melhor jogador do mundo outras três vezes e eleito melhor jogador em competições. Já que já sabemos os títulos conquistados pelo português, confira abaixo uma lista com alguns prêmios individuais conquistados por Cristiano Ronaldo durante sua carreira, além de algumas competições onde o jogador foi artilheiro:

  • FIFA Ballon d’Or: 2013, 2014
  • Melhor jogador do mundo pela FIFA: 2008, 2016
  • Ballon d’Or: 2008, 2016
  • Melhor Jogador da UEFA na Europa: 2013–14, 2015–16
  • Futebolista Português do Ano: 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016
  • Melhor jogador jovem do mundo pela FIFPro: 2004, 2005
  • Bota de Ouro da UEFA: 2007–08, 2010–11, 2013–14, 2014–15
  • Bola de Ouro da Copa do Mundo de Clubes: 2016

Artilharias:

  • Campeonato Europeu de Futebol de 2012: 3 golos em 5 jogos
  • Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016: 4 golos em 2 jogos
  • Liga dos Campeões da UEFA de 2015–16: 16 golos em 12 jogos
  • Liga dos Campeões da UEFA de 2014–15: 10 golos em 12 jogos
  • Liga dos Campeões da UEFA de 2013–14: 17 golos em 11 jogos
  • Liga dos Campeões da UEFA de 2012–13: 12 golos em 12 jogos
  • Liga dos Campeões da UEFA de 2007–08: 8 golos em 11 jogos
  • Supercopa da UEFA de 2014: 2 golos em 1 jogos
  • Maior marcador da história em Competições Europeias: 91 golos
  • Maior marcador numa edição da Liga dos Campeões da UEFA: 17 golos em 11 jogos, 2013-14
  • Maior marcador da história da Liga dos Campeões da UEFA: 96 golos
  • Maior marcador da história do Real Madrid: 381 golos em 368 jogos
  • Maior marcador da história da seleção portuguesa: 68 golos em 136 jogos

Boas Apostas!