O incrível jogador português Cristiano Ronaldo acaba de bater mais um recorde em sua vitoriosa carreira futebolística, o atleta conseguiu o feito na última partida que participou, em um jogo válido pelo Campeonato Espanhol, onde seu time, o Real Madrid, visitou o Atlético de Madrid no último clássico de Madrid no estádio Vicente Calderón, casa do Atlético de Madrid, estádio que será demolido e o recorde de Cristiano Ronaldo ficará para a eternidade sem chances de nenhum outro jogador quebrar seu recorde.

Neste jogo, o Real Madrid venceu por 0x3 com “hat-trick” (três gols em um único jogo) do atacante português. Este jogo marcou o último clássico entre o Real Madrid e Atlético de Madrid no Vicente Calderón e com estes três gols, Cristiano Ronaldo superou o lendário jogador do Real Madrid Di Stéfano, que tinha o recorde de 17 gols anotados em clássicos entre os dois times de Madrid no estádio em questão. Cristiano Ronaldo entrou em campo com a marca de 15 gols anotados no clássico naquele estádio e depois de 11’ em campo, abriu o placar com um gol de cabeça, alcançando 16 gols e ficando apenas a um gol do recorde histórico de Di Stéfano. Aos 24’ do segundo tempo Cristiano Ronaldo foi derrubado na área e ele mesmo cobrou o pênalti convertendo a cobrança e se igualando à Di Stéfano com 17 gols, porém isso não bastou para o português, pois aos 31’depois de um cruzamento rasteiro de Bale, Cristiano Ronaldo  converteu seu39º hat-trick durante seu tempo no Real Madrid.

Títulos e premiações da carreira

Cristiano Ronaldo nas categorias de base do Sporting CP.

Cristiano Ronaldo nas categorias de base do Sporting CP.

Indiscutivelmente Cristiano Ronaldo é um dos melhores jogadores de todos os tempos, o português que já foi reconhecido oficialmente o melhor do mundo por três ocasiões (2008, 2013 e 2014), Cristiano Ronaldo chega aos seus 31 anos com grandes atuações e podendo chegar ao seu quarto título de maior jogador do mundo, talvez consiga chegar ao quinto prêmio ainda este ano, já que a premiação FIFA Balon d’Or foi dividida e no caso, este ano teremos duas premiações de melhor jogador do mundo.

O menino que começou a jogar nas categorias de base do Clube Futebol Andorinha de Santo Antônio com apenas 8 anos de idade e depois de passar pelo Nacional de Madeira e terminou sua formação de base no Sporting CP, clube que acabou por revelar Cristiano profissionalmente em 2001, logo chamou a atenção do gigante inglês do Manchester United que o contratou em 2003 por € 15 milhões. Cristiano Ronaldo começaria a conquistar inúmeros títulos, em sua passagem pelo clube inglês até 2009, o atacante ajudou o clube a conquistar três campeonatos ingleses, uma Copa FA, uma Liga dos Campeões e um Mundial de Clubes da FIFA. O atacante fez 118 gols em 292 jogos e vestindo a camisa dos “Red Devils” (Diabos Vermelhos em inglês) conquistou diversos prêmios individuais, entre eles estavam o Ballon d’Or (2008), equipe do ano da UEFA (2004,2007 e 2008), jogador do ano no Manchester United (2003/04, 2006/07 e 2007/08), melhor jogador jovem do mundo pela FIFPro (2004 e 2005), melhor atacante da UEFA e jogador do ano da UEFA (2007/08), Bota de Ouro da UEFA (2007/08), Onze d’Or (2008), equipe ideal da Liga dos Campeões (2006–07 e 2007–08), entre outros.

Cristiano Ronaldo com a taça da Eurocopa 2016 pela seleção de Portugal.

Cristiano Ronaldo com a taça da Eurocopa 2016 pela seleção de Portugal.

Em 2009 Cristiano Ronaldo chegava ao gigante espanhol Real Madrid por uma quantia de € 94 milhões e mostrou porque vale tanto, ele conquistou um título da Liga Espanhola (2011/12), duas Liga dos Campeões (2013/14 e 2015/16), sendo eleito o melhor jogador do mundo em duas ocasiões (2013 e 2014). Além disso, Cristiano Ronaldo já anotou 374 gols em 360 jogos, sendo o maior artilheiro da história madridista. São inúmeros os prêmios individuais, entre eles estão equipe do ano da UEFA (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016), melhor jogador da UEFA na Europa (2013/14 e 2015/16), prêmio Púskas (2009), Onze d’Or (2013), jogador mais valioso da La Liga (2012/13), ), Bota de Ouro da UEFA (2013/14 e 2014/15), melhor jogador da La Liga (2013/14), melhor atacante da La Liga (2013/14), equipe ideal da Liga dos Campeões (2008/09, 2010/11, 2011/12, 2012/13 e 2013/14). Além dos títulos pelos clubes, o jogador tem passagens pela seleção portuguesa desde o Sub-17, Sub-20, Sub-20, Sub-21, Sub-23 e seleção principal com quase 140 participações e quase 70 gols, estabelecendo assim uma média de 0,5 gols por partida. O atacante ajudou sua seleção a conquistar a Eurocopa de 2016.

Suas artilharias são muitas, 5 artilharias de Liga dos Campeões, 3 artilharias da LA Liga, entre outras artilharias, sendo o maior marcador da Liga dos Campeões com 96 gols, maior marcador da história das competições europeias com 91 gols, maior marcador em uma única edição da Liga dos Campeões com 17 gols em 11 jogos, (2013/14), agora ele alcança mais um recorde de gols, se tornando o maior marcador de gols em clássicos entre Real Madrid e Atlético de Madrid no estádio Vicente Calderón, superando o lendário Di Stéfano.

Boas Apostas!