Confirmado oficialmente como o novo treinador da seleção brasileira no fim de junho, o técnico Tite só fez sua primeira convocação dois meses depois de assinar com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), convocando seus jogadores no fim de agosto. Dois dias depois da conquista histórica da medalha de ouro olímpica, a qual foi comanda por Rogério Micale e observada por Tite, o ex-técnico do Corinthians anunciou na última segunda-feira (22) os vinte e três jogadores que disputaram duas partidas pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. A primeira partida será no dia 01 de setembro contra o Equador no Estádio Olímpico Atahualpa, no Equador, enquanto a segunda partida será no dia 06 do mesmo mês contra a Colômbia na Arena da Amazônia.

Tite anunciou sua primeira convocação como treinador da seleção brasileira.

Tite anunciou sua primeira convocação como treinador da seleção brasileira.

Vale lembrar que Tite assumiu a seleção com o objetivo de impedir que o Brasil fique fora pela primeira vez de uma Copa do Mundo, já que Dunga, último treinador da seleção antes de Tite, deixou o Brasil na sexta colocação das Eliminatórias da América do Sul para a competição mundial, com nove pontos conquistados em duas vitórias, três empates e uma derrota, estando há quatro pontos do líder Uruguai e fora da zona de classificação e até da repescagem.

Nomes convocados

Trio de ataque campeão olímpico foi chamado por Tite.

Trio de ataque campeão olímpico foi chamado por Tite.

A lista de convocados foi divulgada na manhã da última segunda-feira (22) no auditório do CBF, no Rio de Janeiro, e contou com a presença de Tite e do seu coordenador técnico Edu Gaspar. Durante a divulgação da lista, o treinador revelou que não chamou alguns jogadores que estavam sendo observados devido a problemas físicos e por causa do início da temporada europeia. Além de destacar que os jogadores convocados foram chamados especificamente para as duas partidas que a seleção disputará no próximo mês. “Alguns atletas europeus, por estarem retomando as atividades, ficam prejudicados nessa avaliação e retomada de ritmo. E alguns com lesão. Em relação à convocação, é para os próximos dois jogos. […] Neste momento não estamos classificados e queremos estar entre os classificados. E aí surge outro momento. Esses dois jogos, no melhor momento de cada atleta”. Confira a lista de 23 convocados por Tite:

Goleiros: Alisson (Roma–ITA), Marcelo Grohe (Grêmio–BRA), Weverton (Atlético Paranaense-BRA);

Zagueiros: Gil (Shandong Luneng-CHI), Marquinhos (PSG-FRA), Miranda (Inter de Milão-ITA), Rodrigo Caio (São Paulo-BRA);

Laterais: Daniel Alves (Juventus-ITA), Fagner (Coritnhians-BRA), Filipe Luis (Atlético de Madrid-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP);

Meias: Casemiro (Real Madrid-ESP), Giuliano (Zenit St. Petersburg-RUS), Lucas Lima (Santos-BRA), Paulinho (Guangzhou Evergrande-CHI), Philippe Coutinho (Liverpool-ING), Rafael Carioca (Atlético Mineiro-BRA), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHI), Willian (Chelsea-ING);

Atacantes: Gabriel (Santos-BRA), Gabriel Jesus (Palmeiras-BRA), Neymar (Barcelona-ESP), Taison (Shakhtar Donetsk-TUR);

Destaques da lista

Os zagueiros Rodrigo Caio e Marquinhos estiveram na Olimpíada e foram convocados para as Eliminatórias.

Os zagueiros Rodrigo Caio e Marquinhos estiveram na Olimpíada e foram convocados para as Eliminatórias.

Logo de cara, podemos perceber que Tite chamou vários jogadores que se destacaram na campanha olímpica do Brasil na Rio 2016. Ao todo foram sete jogadores medalhistas de ouro chamados para as partidas da Eliminatória, Weverton, Rodrigo Caio, Renato Augusto, Marquinhos, Neymar, Gabriel e Gabriel Jesus. Além disso, o treinador da seleção convocou algumas surpresas, como o volante Paulinho, que agora está no futebol chinês e que não era chamado pela seleção há algum tempo. Além dele, o lateral-direito Fagner e o volante Rafael Carioca foram outras surpresas presentes na lista, já que foram convocados pela primeira vez pela seleção.

Ainda podemos destacar algumas ausências na lista de Tite se compararmos com a de Dunga. Analisando as convocações dos dois treinadores, veremos que jogadores que eram constantemente chamados por Dunga como Luiz Gustavo, Douglas Costa, Diego Alves e Hulk, não apareceram na primeira convocação de Tite. Ao todo foram dez nomes diferentes entre a convocação de Dunga para a Copa América, última competição dele como treinador da seleção brasileira, e esta convocação de Tite. Por outro lado, vemos que o único setor que continuou o mesmo foi a zaga formada por Gil, Marquinhos, Miranda e Rodrigo Caio.

Com as mudanças e algumas igualdades, o que todos os brasileiros esperam é que a seleção se embale com a conquista da medalha de ouro e consiga bons resultados nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, classificando-se para o próximo mundial e quem sabe voltando a coonquistar títulos.

Boas Apostas!