Os britânicos do “Guardian” escrevem que Antonio Conte poderá vir a assumir o comando técnico do PSG. A associação do técnico italiano ao clube gaulês não é nova e, ao que tudo indica, o atual treinador do Chelsea é mesmo o nome mais forte em cima da mesa.

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

O fracasso em mais uma edição da Liga dos Campeões poderá ter sentenciado o futuro de Unai Emery no comando técnico do PSG. O treinador espanhol até poderá se sagrar campeão francês e vencer as duas copas domésticas, mas o insucesso na prova milionária após um avultado investimento poderá resultar no despedimento de Emery. A paciência de Nasser Al-Khelaifi está a chegar ao fim e, depois de ter dado um voto de confiança ao técnico no final da última temporada pese embora a má prestação europeia e o fato de ter perdido o título para o Mónaco, desta feita a situação deverá ser bem diferente e a interrupção da ligação contratual é um cenário que ganha cada vez mais força.

Na lista da diretoria do PSG, segundo o “Guardian”, constam mais três nomes para lá de Antonio Conte: José Mourinho (Manchester United), Diego Simeone (Atlético de Madrid) e Massimiliano Allegri (Juventus). Os três técnicos em questão aparentam estar seguros nos respetivos projetos, restando Antonio Conte, treinador italiano que dificilmente seguirá no Chelsea, mesmo que se apure para a Liga dos Campeões da próxima temporada e conquiste a FA Cup.

Aos 48 anos, Antonio Conte tem sido muito criticado na Inglaterra e a diretoria dos “Blues” não deverá segurar um treinador que “caminha sobre brasas” desde o início do ano, altura em que se incompatibilizou com Diego Costa, situação que fez com que o avançado internacional pela Espanha deixasse o clube. Antonio Conte e Roman Abrahmovic não têm a melhor das relações nesse momento e a desvinculação poderá ser uma realidade.

Seleção da Itália também é hipótese

A “squadra azzurra” atravessa um período de transição: após falhar o acesso à fase final da Copa do Mundo 2018 ao eliminar a Suécia no derradeiro “play-off”, Gian Piero Ventura caiu juntamente com o presidente da Federação. A solução encontrada no imediato foi optar pelos serviços de Di Bagio, antigo técnico dos sub-21 que assumiu os destinos do time a título interino, procurando estabelecer uma renovação que há muito se impõe.

Di Bagio não deverá ser efetivado e, como tal, os responsáveis do futebol transalpino continuam em busca de uma solução definitiva. Antonio Conte é um dos preferidos para assumir o cargo, retornando a um posto que já ocupou.

Boas apostas!