Apenas um dia depois da final da Eurocopa de 2016, realizada na França, foi dado inicio a mesma competição, porém, com a categoria de base das seleções, a Eurocopa Sub-19 de 2016.

Disputada todos os anos e pela terceira vez tendo a Alemanha como sede (outras cinco edições foram disputadas na Alemanha Oriental e Ocidental), a competição contou com oito seleções europeias que se classificaram através da Eliminatória para a Eurocopa Sub-19 de 2016, onde os primeiros colocados dos sete grupos da Roda da Elite se classificavam para a Euro Sub-19. Disputada em um sistema igual à Eurocopa principal, a competição sub-19 divide as seleções em dois grupos com quatro equipes cada, onde depois de disputarem três jogos os dois primeiros de cada grupo se classificaram para as semifinais e os vencedores chegaram a grande final. Ao olharmos os títulos por país, vemos que a maior vencedora é a Espanha com dez títulos, sendo o décimo conquistado em 2015, seguida pela Inglaterra com nove e pela França, que no último domingo (24) conquistou seu oitavo título da Eurocopa Sub-19.

Campanha dos finalistas: França e Itália

Jogadores da França e Itália, finalistas da Eurocopa Sub-19 de 2016.

Jogadores da França e Itália, finalistas da Eurocopa Sub-19 de 2016.

Dois dias depois de ver sua seleção principal perder a final da Eurocopa em casa para a seleção de Portugal, a garotada da seleção sub-19 da França fez sua estreia na Eurocopa Sub-19 jogando contra a Inglaterra, mas acabou perdendo por 1×2. Nas duas rodadas seguintes, venceu a Croácia por 2×0 e a Holanda em uma goleada de 5×1, com três gols de Jean-Kevin Augustin e dois de Kylian Mbappé, terminando a primeira fase na vice-liderança do Grupo B com seis pontos, atrás apenas da Inglaterra. Nas semifinais, aconteceu uma reedição da grande final da Eurocopa de 2016, com Portugal e França se enfrentando pela vaga na final. Porém, diferentemente da Eurocopa 2016, que terminou com a vitória e o título de Portugal por 1×0, os garotos franceses Sub-19 conseguiram vencer os portugueses de virada por 3×1, com dois gols de Mbappé, e chegaram a grande final da Eurocopa Sub-19 de 2016.

Na final do Sub-19, tínhamos juntamente com a seleção francesa Sub-19, tínhamos a tradicional seleção italiana Sub-19, que em busca do seu quarto título da competição fez sua estreia contra a Alemanha, vencendo a partida por 1×0 com um gol de pênalti. Na partida seguinte, a Itália empatou em 1×1 com a Áustria e depois empatou novamente em 1×1, dessa vez com Portugal, terminando a fase de grupos na vice-liderança do Grupo A com cinco pontos conquistados, atrás apenas de Portugal também com cinco pontos, mas com um saldo maior. Nas semifinais, a seleção italiana enfrentou a Inglaterra, vencendo a partida por 2×1, com dois gols de Dimarco.

A grande final

Jean-Kevin Augustin, destaque francês da Eurocopa Sub-19.

Jean-Kevin Augustin, destaque francês da Eurocopa Sub-19.

Comprometidos em não repetir o mesmo resultado da sua seleção principal, a seleção sub-19 da França foi para a final da Eurocopasub-19 com a intenção de conquistar pela oitava vez o torneio. Dominando a partida desde o começo, a França conseguiu abriu o placar logo aos seis minutos, quando o artilheiro da seleção e atacante do Paris Saint-Germain, Jean-Kevin Augustin, recebeu a bola e depois de passar por dois adversários abriu o placar da grande final. Sem dar muito tempo para a Itália digerir o gol sofrido, a França ampliou o placar aos dezenove minutos com Ludovic Blas, que cabeceou na primeira trave depois de receber um cruzamento de Michelin. A partir daí foi só controlar a partida. Mas por que não tentar uma goleada para fechar o desempenho na competição com chave de ouro? Já no fim da partida, aos trinta e sete minutos do segundo tempo, o meio-campista do Lyon Lucas Tousart, tentou um chute de fora da área e a bola acabou desviando no adversário, enganando o goleiro Meret e balançando as redes pela terceira vez a favor da seleção francesa.

Já nos acréscimos, Christ Maouassa fez mais um cruzamento na área italiana e viu Issa Diop cabecear a marcar o quarto e último gol, garantindo de vez o título francês da Eurocopa Sub-19 de 2016. Vale lembrar que o autor do primeiro gol da final, Jean-Kevin Augustin, terminou a competição europeia como artilheiro isolado, marcando seis gols em cinco partidas, sendo que três deles foram marcados em uma única partida, ainda na fase de grupos contra a Holanda, na vitória por 5×1.

Boas Apostas!