A rádio colombiana “RCN” avança que James Rodríguez poderá deixar Madrid na próxima abertura do mercado para rumar a Manchester. As informações divulgadas esta sexta-feira indicam que o internacional “Cafetero” poderá atuar em Inglaterra na próxima temporada.

Foto: "UOL"

Foto: “UOL”

O jornalista Antonio Casale, diretor do programa “En La Jugada” da rádio “RCN” afirma que já existe um princípio de acordo entre James Rodríguez e a diretoria do Manchester United. Segundo a mesma fonte, James e o agente Jorge Mendes estiveram reunidos com Florentino Pérez nos últimos dias, demonstrando descontentamento com a pouca utilização do jogador em Madrid. A reunião serviu igualmente para dar a conhecer as ofertas que o jogador recebeu, mas o responsável máximo pelo emblema da capital espanhola solicitou que a situação voltasse a ser discutida no final da época, até porque neste momento o foco de todo o elenco do Real Madrid se centra na tentativa de conquistar o campeonato espanhol e a Liga dos Campeões. Embora raramente esteja entre o time titular, James Rodríguez tem desempenhado um papel importante cada vez que vai a jogo e Florentino Pérez quer que todos os esforços do jogador colombiano se concentrem nos objetivos coletivos do time. Ainda assim, a notícia dá conta da intenção do jogador em se mudar para o time que disputa a Premier League, faltando apenas o “sim” do Real Madrid para que a operação se concretize. Segundo os dados do portal “Transfermarkt”, James jogou 1 739 minutos nesta temporada, levando 11 gols e 13 assistências em jogos de todas as provas.

A especulação quanto a uma possível saída de James Rodríguez se arrastava há algum tempo, tanto que em dezembro chegou a ser colocado na rota da saída. No mercado de inverno europeu, confrontado com a possibilidade de sair, James respondeu que “teria alguns dias para pensar”, mas por uma razão ou por outra, permaneceu em Madrid.

Adidas na jogada

Se a contratação de James Rodríguez por parte do Real Madrid após o brilhante Mundial de 2014 foi encarada como uma estratégia de marketing – muito por conta da saída de Di Maria para dar lugar ao colombiano -, a verdade é que essa questão também poderá exercer influência nesta ocasião. O Manchester United é patrocinado pela “Adidas”, marca da qual James Rodríguez é representante, e a ligação entre jogador e marca possui uma cláusula que implica o uso da camisa 10 nos times que represente. Atualmente, Wayne Rooney é o camisa 10 dos “Red Devils”, mas tudo indica que o atacante inglês se prepara para deixar Old Trafford no final da temporada, ficando a mítica “10” do United à disposição de James. Não sendo determinante, é um factor relevante nessa altura.

Boas Apostas!