Acerto praticamente concluído. O bósnio Edin Dzeko e o brasileiro Emerson Palmieri estão a um pequeno passo de se tornarem jogadores do Chelsea, deixando as AS Roma. Para o atacante, esse é um regresso a Inglaterra depois de já ter representado o Manchester City.

Foto: "Marco Luzzani/Getty Images"

Foto: “Marco Luzzani/Getty Images”

A relação do técnico Antonio Conte com a diretoria do Chelsea não tem sido fácil, mas o técnico italiano terá conseguido convencer a diretoria do time inglês a investir no reforço do elenco nesse mercado de inverno e de forma significativa. Conte identificou duas lacunas: uma na frente de ataque (insatisfeito com o desempenho de Álvaro Morata) e outra pela lateral esquerda. Os “Blues” avançaram para uma abordagem concreta e a a negociação está a um passo de ser encerrada com os dois jogadores a viajarem para Londres.

A primeira contra proposta romana para a liberação dos jogadores envolveria, para além do pagamento de uma quantia em dinheiro, a chegada do atacante Michy Batshuayi, hipótese que foi negada pelo Chelsea. O jogador belga tem mercado e os romanos não terão sido os únicos a perguntar por sua condição, uma vez que a imprensa internacional escreve que Sevilha e Borussia Dortmund também estarão na corrida. Gorada essa possibilidade, o Chelsea terá subido a parada em termos monetários para poder assegurar o concurso do jogador. Assim, nesse momento, a imprensa escreve que o acordo visa o pagamento de 50 milhões de euros (R$ 195 milhões) no imediato, em um negócio que pode ascender aos 60 milhões de euros casoo os jogadores cumpram determinados objetivos. Os romanos aceitaram a proposta, já existe um princípio de acordo entre os dois emblemas e agora falta o Chelsea chegar a acordo com os jogadores para estabelecer seus salários.

Em Itália, se escreve que Edin Dzeko vai mesmo duplicar seu salário nessa ida para Stamford Bridge. Se na AS Roma auferia quatro milhões de euros anuais, na Inglaterra tem à sua espera um contrato de oito milhões por ano. A menos que algum imprevisto aconteça, Edin Dzeko e Emerson Palmieri deverão ser oficialmente apresentados pelo emblema londrino nas próximas horas.

Aos 31 anos, o internacional bósnio Edin Dzeko se despede de um emblema que representou durante três temporadas para regressar ao futebol inglês, onde já representou o Manchester City. O percurso de Emerson Palmieri em Roma foi semelhante: três temporadas, duas delas por cedência do Santos.

AS Roma procura alternativas

As saídas de Edin Dzeko e Emerson Palmieri deverão levar a AS Roma ao mercado. Para já, a imprensa internacional coloca Aleix Vidal, do Barcelona, na pista da formação da capital italiana. O “Mundo Deportivo” escreve que os romanos já terão procurado saber das pretensões dos “blaugrana” que admitem vender o jogador a troco de 12 milhões de euros.

Boas Apostas!