A Premier League escocesa está longe de ser uma das mais mediáticas na realidade europeia, mas é na Escócia que encontramos um dos maiores “derbys” do continente: o “Old Firm”, disputado entre Celtic e Rangers. Os dois rivais de Glasgow estiveram frente a frente nesse final de semana e houve festa verde e branca (2-1). Os “Católicos” estão a um pequeno passo do título.

CelticO Rangers passou por um autêntico calvário que levou o time até os escalões mais baixos do futebol escocês, permitindo ao “eterno rival” Celtic iniciar um percurso hegemónico no país. A pouco e pouco, o Rangers vai se recuperando e nesse ano até fez boa figura na Liga Europa. No entanto, no campeonato doméstico, a situação continua bem idêntica aos últimos anos e nem Steven Gerrard parece capaz de inverter a tendência.

Na visita ao Celtic Park, o Rangers jogava o “tudo ou nada” na competição. Em caso de vitória, encurtaria a distância para sete pontos a seis rodadas do fim, deixando alguma esperança, mas o desaire averbado deixou o time a uma distância de 13 pontos. O encontro começou de feição para os donos da casa que marcaram por Odssone Édouard, uma das figuras dos “Católicos”, ainda antes da meia hora. Pouco depois do gol, Alfredo Morelos, conhecido por sua indisciplina – ou não estivéssemos a falar de um jogador que foi expulso pela quinta vez na atual temporada – recebeu ordem de expulsão, deixando o Rangers reduzido a dez unidades ainda no primeiro tempo. Apesar da situação, o Rangers viria a empatar aos 18 do segundo tempo por intermédio do inglês Ryan Kent. Determinado em vencer o desafio, Neil Lennon, regressado ao cargo após a saída de Brendan Rogders, promoveu a entrada de Tom Rogic no encontro, isso depois de já ter lançado Scott Sinclair. A quatro minutos do fim, James Forrest trocou de papéis com Odsonne Édouard: após assistir o francês para o primeiro gol do desafio, foi Forrest a marcar após passe do gaulês.

No final das contas, a fervorosa torcida do Celtic fez a festa e o seu time lidera agora com uma vantagem de 13 pontos em relação ao principal rival, se perspetivando que a conquista do oitavo título consecutivo de campeão escocês seja confirmada dentro em breve. Na próxima rodada, o Celtic vai até a casa do penúltimo St. Mirren, ao passo que o Rangers recebe o Hearts, time que está a quatro pontos do terceiro lugar atualmente ocupado pelo Kilmarnock.

Boas apostas!