Depois da vitória na última terça-feira (23) por 3×0 do Porto sobre a Roma na partida de volta dos play-offs da Liga dos Campeões, o goleiro da equipe portuguesa, Iker Casillas, atingiu uma marca incrível na carreira de qualquer jogador ao classificar-se para a 18ª Liga dos Campeões da sua carreira. “Eu estive na Champions por muitos anos e é importante estar na competição. Temos grande ambição”, afirmou o jogador depois da partida contra a Roma. O goleiro participou pela primeira vez da Liga dos Campeões na temporada 1999/00, quando estava com 18 anos e jogava pelo Real Madrid, conquistando a competição em três edições (1999/00, 2001/02, 2013/14), todas pela equipe espanhola. Além de Casillas, apenas um jogador atingiu essa marca, o galês Ryan Giggs, que disputou 18 vezes a Liga dos Campeões, conquistando duas delas (1998/99 e 2007/08) pelo Manchester United.

Casillas participará da sua 18ª Liga dos Campeões.

Casillas participará da sua 18ª Liga dos Campeões.

O clube Porto do goleiro Casillas conseguiu a classificação para os play-offs da Liga dos Campeões 2016/17 depois de ter terminado o Campeonato Português da temporada passada na terceira colocação. Na competição continental, a equipe enfrentou a Roma nos play-offs, empatando a primeira partida em casa em 1×1 e vencendo a partida de volta fora de casa por 0x3, conseguindo classificar-se para a fase de grupos da Liga dos Campeões por um agregado de 4×1.

Conquistas da Liga

Iker Casillas foi formado na categoria de base do Real Madrid, clube onde permaneceu até a temporada 2014/15. Na equipe espanhola, o goleiro conquistou os principais campeonatos que um jogador pode conquistar, como a Supercopa da UEFA, a Copa Intercontinental, o Mundial de Clubes e claro, a Liga dos Campeões da UEFA. Ficando na categoria de base do Real por oito anos, Casillas foi promovido para a equipe principal justamente para a Liga dos Campeões de 1997/98. Com a lesão dos dois goleiros principais, o jogador foi chamado para ser o reserva de Santiago Cañizares. Porém, Casillas só foi se firmar como titular na temporada 1999/00, quando o goleiro Bodo Illgner se lesionou e aos 18 anos Casillas virou o titular, tornando-se o goleiro mais jovem a atuar na Liga dos Campeões.

O goleiro Casillas participou de dezesseis Liga dos Campeões pelo Real Madrid.

O goleiro Casillas participou de dezesseis Liga dos Campeões pelo Real Madrid.

Na temporada 2001/02, o goleiro perdeu a titularidade por um tempo, depois de algumas valhas em jogos importantes, mas logo recuperou a posição justamente na final da Liga dos Campeões 2001/02, quando César Sánchez, o então titular da posição, se lesionou na metade do segundo tempo da grande final contra o Bayer Leverkusen e teve de ser substituído. Entrando no lugar de Sánchez aos 23’ do segundo tempo, Casillas foi muito importante na conquista do título, fazendo boas defensas. Graças ao bom desempenho, o jogador voltou a ser titular absoluto no Real Madrid, ficando na posição por mais 10 anos.

Na temporada 2010/11, o Real Madrid perdeu seu capitão Raúl González e decidiu colocar Iker Casillas na posição de lider da equipe. Como capitão, Casillas conquistou sete títulos, entre eles uma Liga dos Campeões 2013/14 e o Mundial de Clubes de 2014, onde na final do mundial completou 700 jogos pelo Real Madrid. Depois das conquistas, o goleiro começou a receber vaias devido a algumas falhas e acabou se transferindo para o Porto de Portugal, onde agora disputará sua 18ª Liga dos Campeões e espera vencê-la.

Ryan Giggs também disputou 18 Ligas dos Campeões

Jogando sua carreira inteira no Manchester United, Ryan Giggs é outro jogador que disputou 18 vezes a Liga dos Campeões, conseguindo conquista-la em duas edições, 1998/99 e 2007/08. Na primeira conquista, Giggs foi de uma extrema importância, iniciando a jogada do primeiro gol do United na final da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique, que vencia a partida por 1×0 até os 46’ do segundo tempo, quando Sheringham empatou o jogo depois da jogada de Giggs. A partida ainda teria Solskjær marcando o segundo gol do Manchester United, dando o título à equipe inglesa. Já a segunda vez em que Giggs conquistou a Liga dos Campeões, o jogador já não atuava como titular, estando com seus 34 anos. Porém, na grande final da competição, contra o Chelsea, o jogador entrou aos 42’ do segundo tempo, quando a partida estava empatada em 1×1, participando da prorrogação e das penalidades, convertendo sua cobrança e ajudando o Manchester United na conquista.

Boas Apostas!