O Vasco da Gama continua a se reforçar para encarar esse regresso à Série A. O clube Carioca aposta forte no mercado português e depois de já ter assegurado o empréstimo de Kelvin, o alvo seguinte é Bruno Paulista, meia que não se conseguiu afirmar nessa ida para a Europa.

Apresentado junto de Eurico Mirando, Kelvin se converteu no sexto reforço do Vasco da Gama para encarar essa temporada. Aos 23 anos, o atacante que na temporada passada representou o São Paulo chega no Rio da Janeiro cedido pelo Porto de Portugal até final do ano. Essa vai ser a primeira aventura de Kelvin no futebol Carioca, se juntando ao lateral-direito Gilberto, ao volante Jean, aos meias Escudero e Wagner e ao atacante Muriqui, jogadores que já estão confirmados como reforços do curz-maltino para essa época. Agora, a diretoria vascaína volta a olhar para o mercado português e a chance de fechar o negócio é bem grande, segundo a imprensa portuguesa.

Bruno Paulista tem “guia de marcha” no Sporting

Foto: "Bruno Colaço"

Foto: “Bruno Colaço”

Os esforços dos responsáveis do Vasco da Gama se concentram na tentativa de contratar Bruno Paulista. O meia chegou em Portugal para representar o Sporting em 2015, procedente do Bahia, mas nunca foi opção regular no time. Com somente sete jogos realizados com a camisa do time principal, Bruno Paulista fez jogos pelas reservas do clube na segunda liga portuguesa, mas suas aspirações quanto à afirmação no principal nunca foram grandes. Durante os primeiros tempos em Lisboa, a imprensa portuguesa chegou a falar sobre um alegado desentendimento com o técnico Jorge Jesus. Contratado para a posição de volante apesar de poder mais subido no terreno, sempre viveu na sombra de William Carvalho, campeão europeu por Portugal. A presença de Elias (entretanto foi para o Atlético Mineiro) também não ajudou à afirmação de Paulista. Com o regresso do volante João Palhinha a Alvalade após cedência ao Belenenses, as chances de Bruno Paulista atuar ficaram bem mais reduzidas. Agora, Bruno Paulista vai sofrer as mesmas consequências que seu compatriota Elias e retorna ao Brasil depois de a diretoria do clube ter promovido um encurtamento do plantel – sobretudo estrangeiros – para promover também o regresso de alguns jovens que têm se destacado nos clubes da Primeira Liga portuguesa. Ainda assim, os responsáveis do Sporting não pretendem se desfazer do seu passe, pelo menos na totalidade.

Com 21 anos, o volante vê com agrado a hipótese de retornar ao Brasil para relançar sua carreira. Neste momento, as alternativas de Bruno Paulista para prosseguir sua carreira são cada vez mais reduzidas. A janela de transferências de inverno na Europa encerrou na noite de 31 de janeiro para 1 de fevereiro e a possibilidade de se transferir para outro campeonato do Velho Continente está fora de questão. Bem cotado no Brasil desde sua passagem pelo Bahia, Bruno Paulista pode retornar para se afirmar como uma das peças fundamentais nesse time do Vasco da Gama e a possibilidade de ir para um time onde tenha seu espaço e minutos de jogo é o aspeto mais importante para Bruno Paulista sobretudo nesse momento da carreira. Nessa primeira metade da época europeia, o volante passou também muito tempo lesionado. O interesse da diretoria do clube já foi admitida pelo vice-presidente Eurico Brandão em declarações ao “GloboEsporte”, embora aborde o tema com alguma precaução: “Temos interesse. Mas, contratado é quando chegar aqui e assinar o contrato”. As negociações decorrem e as três partes envolvidas estão bem interessados na concretização do negócio, restando acertar alguns pormenores para que Bruno Paulista possa fazer a viagem para o Rio de Janeiro a fim de realizar os habituais exames médicos, indispensáveis para assinar o acordo.

Boas Apostas!