No futebol asiático, a semana fica marcada pelo arranque da fase de grupos da Liga dos Campeões, competição mais importante do continente. Os times pertencentes aos grupos A e B entraram em ação na segunda-feira e o Al Taawon – Lokomotiv Tashkent foi o único duelo sem brasileiros envolvidos. Éverton Ribeiro pegou destaque na partida entre o Al Ahli e o Estehlal Tehran. No segundo dia de ação, Hulk brilhou ao dar a vitória ao Shanghai SIPG em Seoul, contando com a ajuda dos compatriotas Oscar e Elkeson. Goulart, Paulinho e Alan marcaram na goleada do Guangzhou, enquanto Ramires decidiu em cima da hora.

Éverton Ribeiro decisivo na vitória do Al Ahli

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

Dono da camisa 10 do Al Ahli dos Emirados Árabes Unidos, o ex-Cruzeiro Éverton Ribeiro desempenhou um papel muito importante na vitória (2-1) do seu time frente ao Esteghlal Tehran do Irã. Treinado pelo roménio Cosmin Olaroiu, o Al Ahli marcou na fase final das duas etapas, nas duas vezes graças ao senegalês Makhete Diop. No lance do primeiro gol, após escanteio cobrado por Éverton Ribeir0 nos últimos instantes do primeiro tempo, a bola sobrou para o atacante africano que bateu Mehdi Rahmati, goleiro que contou com os brasileiros Robson e Leandro Padovani no seu setor defensivo. Omid Ebrahimi ainda empatou a partida no estádio Al-Rashid, com pouco mais que cinco mil torcedores nas arquibancadas, mas a tarde era do Al Ahli. Já nos acréscimos, Éverton Ribeiro cruzou para a cabeça de Makhete Diop, jogador que cabeceou para a rede adversária e permitiu ao time da casa conquistar os primeiros três pontos nessa Liga dos Campeões da Ásia.

Na outra partida do grupo, disputada no King Abdullah Sport City, os sauditas do Al Taawon se superiorizaram aos uzbeques do Lokomotiv Tashkent. Sem brasileiros envolvidos, o encontro terminou com uma vitória dos donos da casa por um a zero, gol de Talal Al Absi, capitão do time da casa.

El-Arabi brilha no Lekhwiya

Foto: "AFP"

Foto: “AFP”

Estheghlal Khizestan e Al Fateh foram os primeiros dois times a entrar em ação no grupo B da Liga dos Campeões da Ásia. No Sultan Qaboos Sports Complex, em Omã, os donos da casa (iranianos) levaram a melhor. Com um time maioritariamente composto por jogadores de nacionalidade iraniana (o camaronês Aloys Nong foi a exceção), o Esteghlal venceu por um a zero, para infelicidade do brasileiro Nathan Júnior, atacante do Al Fateh da Arábia Saudita. Com passagem pela base do Flamengo, o jogador de 27 anos chegou na Ásia proveniente dos portugueses do Tondela.

Se Nathan Júnior não foi feliz em dia de estreia na Liga dos Campeões da Ásia, os compatriotas João Carlos e Aílton Almeida também não tiveram melhor sorte. O Al Jazira dos Emirados Árabes Unidos, detentor do passe dos dois atletas, se deslocou ao estádio Abdullah bin Khalifa, em Doha, no Qatar, para defrontar o Lekhwiya. O grande destaque da partida foi um jogador que até há pouco tempo atuava no futebol europeu, mais concretamente no Granada: Youssef El-Arabi, autor de dois dos três gols dos donos da casa – o outro foi apontado por Youssef Msakkni. Os dois jogadores africanos (marroquino e tunisino, respetivamente) fizeram estragos na zaga de João Carlos, experiente defesa com passado associado ao Vasco da Gama que na Europa fez carreira na Bélgica e na Rússia. O atacante Aílton Almeida, há mais de 10 anos longe do Brasil, também não foi capaz de contrariar a tendência da partida e ficou em branco.

Hulk define em Seoul

Na manhã desta terça-feira, o Shanghai SIPG se deslocou à capital da Coreia do Sul para defrontar o FC Seoul local. André Villas-Boas colocou os “seus” três brasileiros no onze inicial: Oscar, Elkeson e Hulk. O “incrível”, como é conhecido em alusão à figura da “Marvel”, marcou o único gol da partida aos oito do segundo tempo com um grande remate de longa distância. Para garantir a vitória, o time chinês teve que sofrer. Guan He foi expulso por volta da hora de jogo ao cometer uma grande penalidade e o goleiro Yah Junling travou o pênalti cobrado por Dejan Damjanovic. No time da casa, Maurinho entrou a dez minutos do fim.

No outro jogo do grupo F disputado esta tarde, o Urawa Red Diamons do Japão a Sydney, na Austrália, vencer o WS Wanderers por quatro bolas a zero. O brasileiro Rafael Silva entrou no time japonês a 20 minutos do fim e encerrou as contas ao marcar o quatro a zero. Os japoneses do Kashima Antlers, inseridos no grupo E, também venceram seu compromisso ao derrotarem o Ulsan Hyundai da Coreia do Sul por dois a zero. Os “Canarinhos” Leo Silva e Leandro participaram dessa vitória com gols de Mu Kanazaki e Yuma Suzuki.

Paulinho, Alan e Goulart ajudam na goleada da ronda

O resultado mais dilatado da ronda teve forte participação brasileira. Com Luiz Felipe Scolari no comando técnico, o Guangzhou Evergrande passou sem dificuldades pelo Eastern de Hong Kong por sete bolas a zero. Em vantagem numérica desde os três minutos por conta da expulsão de Wong Tsz Ho, a goleada do Guangzhou começou pouco depois desse momento, quando Ricardo Goulart converteu com grande sucesso uma grande penalidade. Alan e Paulinho fariam os últimos dois gols do dia para desânimo de Diego Eli, brasileiro que atua no Eastern de Hong Kong desde a temporada 2013/14.

Ramires dá vitória ao Jiangsu

Com os brasileiros Alex Teixeira e Ramires no onze titular, os chineses do Jiangsu Suning venceram em Jeju-Do, na Coreia do Sul, por uma bola a zero. O gol que ditou a vitória na casa do Jeju United foi apontado pelo “queniano” Ramires, o incessante meia ex-Cruzeiro que se transferiu dos londrinos do Chelsea para a China no início de 2016 para representar esse mesmo time do Jiangsu.

[Atualizado]

Boas Apostas!