O Botafogo de Futebol e Regatas é um clube do Rio de Janeiro que tem 122 anos de história, entre suas várias conquistas, podemos destacar como as mais importantes os dois títulos do Campeonato Brasileiro da Série A (1968 e 1995), os vinte títulos do Campeonato Carioca.

Estádio Nilton Santos, casa do Botafogo na Libertadores.

Estádio Nilton Santos, casa do Botafogo na Libertadores.

Na temporada de 2016, o Botafogo que iniciou o Campeonato Brasileiro de 2016 desacreditado, conseguiu uma arrancada no campeonato após um ótimo desempenho no 2º turno terminando em quinto lugar, conquistando uma vaga na Pré-Libertadores. O time teve essa retomada bem no período em que o técnico Jair Ventura assumiu o time, não foi à toa que Jair Ventura recebeu o prêmio de técnico revelação da competição. Como o Botafogo se conquistou vaga para a Pré-Libertadores, o time terá que passar por duas fases para então chegar à fase de grupos e integrar o Grupo 1 da Copa Libertadores da América de 2017.

Portanto, em seu primeiro compromisso em busca de uma vaga na fase de grupos, o Botafogo enfrentará o clube chileno Colo-Colo na Fase 2, se passar pelo clube chileno, o Botafogo poderá pegar um destes três times que farão os outros confrontos destas fases iniciais, Deportivo Municipal do Peru, Independiente del Valle do Equador ou Olimpia do Paraguai.

A casa do Botafogo na competição será o Estádio Nilton Santos, o estádio foi reformulado para a temporada e poderá contar com quase 47 mil torcedores. O elenco do Botafogo tem entre os principais jogadores os meias Camilo e Rodrigo Lindoso, o lateral-direito Alemão, os atacantes Sassá e Rodrigo Pimpão. O Botafogo perdeu o goleiro Sidão que foi para o São Paulo, porém contratou o goleiro Gatito Fernández que defendeu o Figueirense em 2016, o goleiro chega para ser reserva do titular e ídolo da torcida Jefferson, que se lesionou em 2016 mas já está recuperado. O time também anunciou um novo reforço do time, o meia atacante argentino  Walter Montillo de 32 anos, que chegou como o grande reforço para a Libertadores.

O Grupo 1 da Libertadores 2017

Grupo 1 onde há uma possível vaga para o Botafogo.

Grupo 1 com possível vaga para o Botafogo.

Em sorteio realizado no final de dezembro em Assunção, no Paraguai, a CONMEBOL (Confederação Sul-Americana de Futebol)  sorteou os duelos das primeiras fases e os grupos da competição. O Botafogo que se classificou para a Pré-Libertadores e terá que passar por duas fases antes de chegar a fase de grupos. Conseguindo chegar na fase de grupos, integrará o Grupo 1, o qual já está composto com o Atlético Nacional da Colômbia que é o atual campeão da Libertadores, o Estudiantes da Argentina e o Barcelona do Equador. Se o Botafogo conseguir chegar na fase de grupos da Libertadores 2017, as datas dos seus confrontos serão:

14/3 – Botafogo x Estudiantes
13/4 – Atlético Nacional x Botafogo
20/4 – Barcelona x Botafogo
2/5 – Botafogo x Barcelona
17/5 – Ganhador 2 x Atlético Nacional
25/5 – Estudiantes x Botafogo

Em 2016, além de o Atlético Nacional ter conquistado seu segundo título da competição, conseguiu fazer a melhor campanha da história com 33 pontos conquistados, batendo o recorde do Boca Juniors de 2003 que tinha feito 32 pontos. O time do Atlético Nacional é o grande favorito do Grupo 1, apesar de ter sido desmanchado com a saída do meia Guerra para o Palmeiras, do atacante Marlos Moreno para o Manchester City, o meia Sebastian Perez que foi para o Boca Juniors, mesmo assim ainda conta com grande elenco remanescente e trará muito perigo aos adversários. O time ficou em terceiro lugar no Mundial de clubes da FIFA de 2016. O Atlético Nacional continua grande e é um dos favoritos ao título, pois possui muitos jogadores de qualidade, um grande exemplo é o atacante Borja, carrasco do São Paulo na última Libertadores, quando fez quatro gols no time paulista nas semifinais da competição, dois gols no Morumbi e dois gols em Medellín. O atacante igualou-se a Pelé, marcando 5 gols entre a semi e final da Libertadores, além disso recebeu o prêmio de Rei da América, pelo jornal uruguaio El País.

O Colo-Colo

Estadio Monumental David Arellano, casa do Colo-Colo.

Estadio Monumental David Arellano, casa do Colo-Colo.

O histórico do time na Copa Libertadores é bastante extenso, o Colo-Colo já participou 32 vezes da competição e fez sua primeira decisão em 1973, quando eliminou o Botafogo nas semifinais, com uma vitória de 1×2 no Rio de Janeiro. O título veio em 1991, quando sob comando do técnico croata Mirko Jozic, o time passou por Nacional do Uruguai, Boca Júniors da Argentia e bateu o Olímpia do Paraguai na final. O Colo-Colo tem como casa, o estádio Monumental David Arellano, com capacidade para quase 48 mil torcedores e tem a arquibancada com muita proximidade do campo, onde a torcida impõe grande pressão nos adversários.

O Colo-Colo é o maior campeão chileno com 30 títulos conquistados e a única equipe chilena a conquistar uma Libertadores, na edição de 1991. O Colo-Colo terminou o Campeonato Chileno em 5º, porém conquistou as três edições anteriores. O grande feito conquistado recentemente foi a Copa do Chile, com uma goleada de 4×0 sobre o Everton. O destaque da equipe fica por conta do experiente atacante Estebán Paredes de 36 anos, o jogador é o artilheiro da equipe e vive um excelente momento, fez 18 gols nas últimas 21 partidas. Paredes participou como titular em dois jogos na seleção chilena na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

Quanto a enfrentar o Colo-Colo, o presidente do Botafogo Carlos Eduardo Pereira comentou: “Não vejo nada tão complicado assim. Acho que fazer a primeira partida em casa, com o Nilton Santos já customizado, abrir a Libertadores na nossa casa, vai ser muito importante. Estou animado. Acho que já no primeiro confronto temos a chance de fazer um placar que nos garanta no jogo de volta lá no Chile. E aí é olhar para o próximo adversário. É um trabalho interessante, mas estou animado e confiante”.

Boas Apostas!