Bernardo Silva vai ser oficializado como reforço do Manchester City nas próximas horas. O prodígio português protagonizará a primeira grande transferência nessa abertura da janela europeia.

Foto: "AFP"

Foto: “AFP”

O destino de Bernardo Silva, de 22 anos, passa mesmo por Inglaterra e pela cidade de Manchester. Campeão francês ao serviço do Mónaco – desempenhando um papel preponderante na campanha do time do Principado -, o jovem jogador despertou o interesse de vários colossos europeus. O Manchester United de José Mourinho foi sempre dado como provável destino do jogador, mas Bernardo Silva não continuará a equipar de vermelho e branco. O Manchester City de Pep Guardiola terá seduzido o jogador português e o acordo estará por horas. A imprensa portuguesa fala num investimento a rondar os 50 milhões de euros para garantir o passe do jogador, mas em Espanha há quem fale na possibilidade de ascender aos 80 milhões de euros.

Bernardo Silva já está em Inglaterra

Bernardo Silva chegou a Inglaterra na manhã desta sexta-feira, cumprindo a habitual e indispensável bateria de exames médicos que antecedem a concretização do acordo. Agenciado por Jorge Mendes, em Manchester, Bernardo Silva tem à sua espera um contrato válido por cinco temporadas.  Depois de ter “arrumado a casa” durante a semana ao comunicar as saídas de Willy Caballero, Clichy, Sagna e Jesús Navas, a diretoria do Manchester City satisfez o desejo de Pep Guardiola, técnico que terá ficado particularmente agradado com as qualidades de Bernardo Silva nos dois duelos das oitavas da Liga dos Campeões em que os “Citizens” defrontaram o time do Principado. Recorde-se que o time francês levou a melhor na eliminatória, em um percurso que culminou nas semifinais, com uma derrota frente à Juventus.

Percurso

Bernardo Silva é mais um produto do bom trabalho efetuado na base do Benfica, clube que revelou Renato Sanches, Gonçalo Guedes ou João Cancelo num passado recente. Opção frequente no time de reservas do Benfica que disputa o segundo escalão do futebol português, participou em apenas quatro desafios com o time principal dos “encarnados”. Com poucas hipóteses para mostrar seu talento sob as ordens do técnico Jorge Jesus, Bernardo Silva procurou dar um novo rumo à sua carreira e chegou a França no ano de 2014, a troco de 15 milhões de euros, quantia avultada para um jogador com poucos minutos no time principal benfiquista, mas simultaneamente muito talentoso. Ganhou seu espaço no time e se afirmou definitivamente sob as ordens de Leonardo Jardim, técnico que orientou o Mónaco na atual campanha, culminando com a conquistado título gaulês. Em três temporadas, deliciou o Principado e agora se prepara para dar mais um grande passo na carreira, continuando a crescer como jogador nas mãos de Pep Guardiola.

Boas Apostas!