O time italiano do Benevento está a passar por uma situação que é tudo menos comum nas ligas “top 5” europeias. Recém-promovido à Série A, o time do sul de Itália tarda em alcançar um resultado positivo. Já lá vão 13 rodadas sem pontuar…

Foto: "EPA"

Foto: “EPA”

Vencedor do “play-off” de acesso à Série A na temporada 2017/18, o Benevento está pela primeira vez entre a elite do futebol italiano, mas a experiência não tem corrido de feição. De derrota em derrota, o Benevento tem batido todos os recordes negativos, se situando no último posto da tabela ao cabo de 13 rodadas sem nenhum ponto conquistado. Os números impressionam pela negatividade: o Benevento tem o ataque menos concretizador da Série A (seis gols marcados) e simultaneamente a defesa mais batida da competição com 33 gols encaixados.

Esta segunda-feira (20), a imprensa italiana alerta para o fato de o Benevento ter batido um recorde negativo que marcará a temporada do time independentemente do desfecho: considerando as principais ligares do futebol europeu, nunca uma equipa tinha disputado 13 partidas sem conquistar um único ponto. O anterior máximo pertencia ao Manchester United no início da década de 30, altura em que os “Red Devils” passaram 12 jogos sem conquistar um único ponto no principal escalão inglês. Se quisermos piorar o “quadro” para o time que equipa às listas vermelhas e amarelas, note-se que não são 13 mas sim 14 as derrotas oficiais nesse 2017/18, uma vez que a temporada começou com uma escandalosa derrota para a Copa de Itália diante do Perugia, time da Série B, por quatro bolas a zero!

Este domingo, no “seu” estádio Cigo Vigorito, o Benevento ultrapassou o recorde negativo. Alessandro Matri deu vantagem ao Sassuolo aos 12 da segunda etapa, Samuel Armenteros igualou o desafio volvidos dez minutos e deu esperança à torcida no que respeita à conquista do primeiro tempo, mas a expulsão de Gaeatano Letizia antes dos 25 do segundo tempo dificultou bastante a tarefa. Treinada pelo jovem Roberto de Zerbi (38 anos), a formação da casa foi resistindo às investidas do adversário, viu Domenico Berardi falhar uma grande penalidade já para lá da hora, mas viria a sofrer o gol que impediria a conquista do primeiro ponto. Ao quarto minuto da prorrogação, Federico Peluso marcou para o 1-2 para o Sassuolo e aplicou a 13ª derrota consecutiva ao Benevento, time que já está dez pontos abaixo da linha de perigo.

A incrível sequência negativa do Benevento: Sampdoria (2-1), Bolgona (0-1), Torino (0-1), Nápoles (6-0), AS Toma (0-4), Crotone (2-0), Inter (1-2), Hellas Verona (1-0), Fiorentina (0-3), Cagliari (2-1), Lazio (1-5), Juventus (2-1) e Sassuolo (1-2). Segue-se uma deslocação a Bergamo para enfrentar a Atalanta…

Boas Apostas!