Mais um fim-de-semana, mais uma rodada da Bundesliga. O Bayern de Munique conquistou mais uma grande vitória na Allianz Arena e segue na liderança sem concorrência à altura, enquanto a luta pelo segundo posto continua em grande.

Bayer LeverkusenDe 0-2 para… 5-2. O Hoffenheim chegou a ameaçar provocar uma verdadeira tempestade na Allianz Arena, mas a bonança veio na forma de gols dos “Bávaros”. Aos 12 minutos, o time orientado por Julian Nagelsmann vencia por dois a zero com gols de Mark Uth e Sèrge Gnabry, mas a demolidora máquina ofensiva do Bayern se encarregou de garantir mais três pontos no trajeto com destino à revalidação do título germânico. Lewandowski e Boateng empataram ainda antes do intervalo e deram o mote para uma reviravolta que culminou com um resultado bem volumoso: Coman deu vantagem ao Bayern pela primeira vez na partida aos 63, Arturo Vidal dilatou a vantagem volvidos três minutos e o resultado ficou fechado em cima da hora com um gol do reforço de inverno Sandro Wagner. Não há quem consiga mexer com o favoritismo absoluto dos homens de Jupp Heynckes e a vantagem em relação ao segundo posto já é de 16 pontos.

A briga pelo segundo lugar da tabela está bem mais nivelada e, nesse momento, é o Bayer Leverkusen quem surge imediatamente atrás do Bayern com 34 pontos, tantos quanto o Schalke 04 mas com vantagem no capítulo do “goal average”. Nessa rodada, os farmacêuticos venceram o Mainz por dois a zero com gols de Leon Baiey e do brasileiro Wendell, respondendo da melhor forma ao triunfo do Schalke 04 na véspera que também contou com o contributo “canarinho”: Naldo fez o primeiro dos dois gols do time “mineiro” em Estugarda, em um resultado construído ainda antes dos 20 minutos do desafio. Note-se que o Bayer só perdeu uma vez nos últimos 15 desafios que disputou para a Bundesliga.

No encalço de Bayer e Schalke 04 está o Eintracht Frankfurt, time que bateu o Borussia Monchengladbach na Commerzbank Arena por dois a zero. Prince Boateng e Luka Jovic fizeram os gols do atual quarto colocado da tabela que beneficiou do empate do RB Leipzig frente ao Hamburgo, penúltimo colocado que contou com Douglas Santos e Walace entre os titulares.

No Westfalenstadion, em Dortmund, se evitaram males maiores nessa rodada. Diante do Friburgo, os anfitriões entraram a vencer com um gol do japonês Shinji Kagawa logo aos nove minutos mas permitiram que o adversário desse a volta ao jogo. O atacante germânico Nils Petersen fez dois gols – o primeiro aos 21 e o segundo aos 23 do segundo tempo – e coube a Jeremy Toljan marcar o gol que “resgatou” um ponto a favor do BVB já nos acréscimos. Nota para o fato de Pierre Aubameyang ter sido titular no Borussia Dortmund, jogador que recentemente foi visado por um processo disciplinar do clube por ter falhado uma reunião geral do clube – se fala que poderá estar a caminho do Arsenal.

Boas Apostas!