Ídolo no Grêmio e no Palmeiras, o atacante Hernán Barcos quase voltou ao futebol brasileiro em 2017, já que negociou nesta última janela de transferência sua vinda para o Santos e Fluminense, sem conseguir sucesso em nenhuma das negociações.

Barcos foi campeão da Recopa Sul-Americana de 2010 com a LDU.

Barcos foi campeão da Recopa Sul-Americana de 2010 com a LDU.

O atacante Barcos pertencia ao Sporting, de Portugal, e estava emprestado até junho de 2016 ao Vélez Sarsfield. No mesmo mês que teve sem empréstimo encerrado, o jogador também encerrou seu o clube português, ficando assim livre no mercado da bola. No início de janeiro Barcos começou a negociar com o Santos, chegando a acertar o seu salário, cerca de R$ 200 mil, e até seu tempo de contrato. Porém, a negociação não foi concluída porque o jogador tinha uma dívida de R$ 1 milhão com o Vélez. O atacante propôs ao Santos que pagasse a dívida, o que não foi aceito pelo atual presidente do clube paulista, Modesto Roma, que acabou desistindo da contratação. Aos 32 anos e com passagem por vários clubes, Barcos não perdeu tempo e acertou a sua volta à LDU Quito, do Equador. O anúncio da negociação foi feito na tarde do último sábado (14) através da rede social tanto do jogador quanto do clube equatoriano. “Voltando ao maior do Equador. LDU”, escreveu Barcos em sua conta oficial. O jogador deverá desembarcar no país sul-americano no domingo, onde realizará exames médicos e assinará seu contrato, o qual ainda não foi divulgado o tempo.

Essa não será a primeira experiência do atacante Barcos na LDU, já que o jogador esteve na equipe equatoriana entre 2009 e 2011, participando de 64 partidas oficias, marcando 53 gol e conquistando o Campeonato Equatoriano e a Recopa Sul-Americana, ambos de 2010. O clube onde o jogador ficou por mais tempo foi o Grêmio, onde tornou-se ídolo disputando 112 partidas e marcando 45 gols.

O atacante Barcos

Barcos, ‘O Pirata’ atuou pelo Palmeiras e Grêmio.

Barcos, ‘O Pirata’ atuou pelo Palmeiras e Grêmio.

Com 32 anos de idade, Barcos é um experiente atacante que foi contratado pelo Sporting de Portugal em 2016 e sem muito espaço na equipe, foi emprestado para o Vélez Sársfield da Argentina onde fez 11 jogos e marcou 2 gols. Após quase fechar com o Santos FC do Brasil no início de janeiro de 2017, o atacante acabou fechando com a LDU Quito, clube onde passou na temporada de 2010/11 com grandes atuações, marcando 53 gols em 92 jogos, ajudando a  equipe equatoriana a conquistar a Recopa Sul-Americana (2010) e o Campeonato Equatoriano (2010). Durante este período, recebeu o prêmio de Melhor atacante do Campeonato Equatoriano, fez parte da Seleção Ideal das Américas da El País em 2011 e foi artilheiro da Recopa Sul-Americana com 2 gols.

O atacante argentino de 1,90 m de altura e conhecido como ‘Pirata’, iniciou profissionalmente pelo Racing da Argentina em 2003. O Racing emprestou o jogador para diversos clubes, Guaraní do Paraguai (12 gols em 32 jogos), Olmedo do Equador (26 gols em 43 jogos), Estrela Vermelha da Sérvia (3 gols em 21 jogos), Huracán da Argentina (3 gols em 14 jogos), Shanghai Shenhua da China (6 gols em 20 jogos), Shenzhen Ruby da China onde foi artilheiro da Super Liga Chinesa de 2009 com 17 gols. Em 2010 foi contratado pelo time equatoriano LDU Quito, histórico já descrito anteriormente.

Em 2012 chegou ao Brasil para atuar pelo Palmeiras, o clube paulista comprou 70% dos direitos econômicos do jogador por US$ 3,5 milhões ( cerca de R$ 6,24 milhões na época). No Palmeiras Barcos ficou até 2013 (31 gols em 61 jogos), conquistando a Copa do Brasil de 2012. Em 2013 o Palmeiras negociou o atacante com o Grêmio Porto Alegrense, na negociação entrou uma compensação financeira e empréstimos de quatro jogadores. No Grêmio, Barcos ficou até 2015 (45 gols em 112 jogos). No Grêmio, Barcos também fez história, ele é o maior artilheiro estrangeiro do clube e maior artilheiro do Grêmio na história da Copa Sul-Americana com 12 gols. Além disso, Barcos foi artilheiro do Campeonato Gaúcho de 2014 com 13 gols e recebeu a Chuteira de Ouro da Revista Placar de 2014. Em 2015 foi novamente para o futebol chinês, desta vez para atuar pelo Tianjin Teda até 2016 (15 gols em 29 jogos), em 2016 foi para o Sporting, histórico já comentado no início deste tópico.

Boas Apostas!