“Paris all over again”. O Barcelona perdeu em Turim por três a zero na partida de ida dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, ficando novamente em situação delicada no que respeita à continuidade em prova. O time “Culé” voltou a ser um deserto de ideias e a liderança de Luis Enrique – já anunciou que vai deixar o clube no final da temporada – criticada. Ernesto Valverde surge como um dos favoritos à sucessão.

Foto: "Lluis Gené/AFP Photo""

Foto: “Lluis Gené/AFP Photo””

Independentemente do que aconteça até ao final desta temporada 2016/17, é certo que Luis Enrique abandonará o comando técnico do “seu” Fútbol Club Barcelona. O anúncio foi feito pelo próprio no início do mês de março, apanhando de surpresa a torcida pelo “timing”. Para conseguir classificar o Barcelona para as meias-finais da Liga dos Campeões 2016/17, o técnico precisa de viver mais uma noite de sonho no Camp Nou, à semelhança do que aconteceu frente ao PSG. As consequências dos resultados negativos que o time tem acumulado prejudicam sobretudo a posição de Juan Carlos Unzue, um dos membros da comissão técnica do Barça que aspiraria a assumir funções de técnico principal, cenário perfeitamente plausível tendo em conta a filosofia do Barcelona ao longo dos últimos anos. O jornal “Marca” avança que os resultados negativos que a equipa tem vindo a acumular poderão levar a diretoria a optar por outra solução, estando a avaliar as melhores opções. A hipótese de contratar Ernesto Valverde ganha força.

Jorge Sampaoli parece cada vez mais comprometido com a Federação argentina, se afastando do radar do Barcelona. Neste momento, o jornal “Marca” escreve que é o nome de Ernesto Valverde que ganha força para a sucessão. Treinador experiente, conhecedor do futebol espanhol e apologista de um futebol positivo, encaixa no perfil procurado por Bartomeu e Robert. O interesse da diretoria do Arsenal, alegadamente decidida em pôr fim à ligação com o técnico Arséne Wenger, poderá precipitar a abordagem do Barcelona, embora a ideia seja não tomar uma posição oficial a este nível até ao final da temporada. O último encontro oficial dos catalães na temporada 2016/17 disputar-se-á a 27 de maio e corresponde à final da Copa de Espanha, com o Alavés.

O Athletic Club segue envolvido na luta pelo acesso às competições europeias da próxima temporada e o foco de Ernesto Valverde no seu time é total, descartando a hipótese de começar a pensar já na próxima temporada. Quando questionado sobre seu futuro nas coletivas de imprensa, o técnico evita comentar o assunto. A única “pista” nesse sentido é a de que a continuidade na liderança da formação basca é bem improvável, visto que o técnico ainda não renovou sua ligação ao clube em que realiza sua segunda passagem, iniciada em 2013/13. O Barcelona seria o desafio mais relevante da carreira do técnico que tem em seu palmarés três campeonatos da Grécia, duas Copas do mesmo país (tudo com o Olympiakos) e uma Supercopa espanhola.

Boas Apostas!