Os primeiros dois times apurados para as semis da Liga dos Campeões 2018/19 vão ser hoje conhecidos. Barcelona e Juventus defendem suas vantagens a atuar perante seus adeptos e todo o favoritismo relativo ao acesso está do lado de espanhóis e italianos. Os encontros entre Barça e Manchester United e Juventus e Ajax têm início marcado para as 17:00, horário de Brasília.

United contra a história

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

Para assegurar um lugar nas semis da Liga dos Campeões 2018/19, o Manchester United precisa de orquestrar um feito idêntico ao da eliminatória anterior – após derrota por dois a zero em Old Trafford, o United venceu por três a um no Parc des Princes. Desta vez, a diferença é de um gol (0-1), mas para seguir em frente, o Barcelona precisa de fazer algo inédito e se converter na primeira equipe a eliminar o Barça depois de o time catalão ter conseguido vencer a partida de ida jogando na condição de visitante. Nas 12 ocasiões em que o Barcelona iniciou uma eliminatória da Taça dos Campeões Europeus/Liga dos Campeões a vencer, conseguiu sempre assegurar o acesso à fase seguinte, mesmo que não tenha ganho o desafio. O início dessa série remonta a 1959/60, diante do AC Milan, e a verdade é que tem três emblemas ingleses que já sofreram isso na pele, um deles por duas vezes: Chelsea (2005/06), Manchester City (2013/14 e 2014/15) e Arsenal (2015/16). Se precisar inspiração para alcançar algo que jamais alguém conseguiu, o Manchester United poderá se inspirar no adversário: a vitória do Barcelona na ida dessa eliminatória, por um a zero, foi a primeira da história do clube no Old Trafford.

Há três anos que o Barcelona não ultrapassa as quartas da Liga dos Campeões da Europa.

Juve na frente

Contrariamente ao que aconteceu na eliminatória anterior, a Juventus encara a partida de volta das quartas em vantagem graças ao gol apontado ao Ajax na Arena de Amesterdão. Responsável? O “suspeito do costume”, autor dos três gols que permitiram virar a eliminatória diante do Atlético. Inutilizado no final de semana tal e qual como a grande maioria dos habituais titulares, Cristiano Ronaldo voltará à ação nessa receção ao Ajax e o técnico Massimiliano Allegri garante que o internacional português vai estar em melhor condição física que aquando do jogo disputado em Amesterdão, tendo em conta que vinha de um período de lesão.

Do lado do Ajax, Erik ten Hag tem mais preocupações. Para lá de estar em desvantagem por conta do gol consentido na Arena de Amesterdão, o técnico não vai poder contar com o habitual titular Tagliafico, situação que ganha ainda maior preponderância tendo em conta a inexistência de uma solução à altura para a lateral esquerda. Para lá de Tagliafico, há outro caso que suscita preocupação: o de Frenkie de Jong, jogador que saiu machucado do confronto com o Excelsior no final de semana e poderá não estar nas melhores condições. Uma coisa é certa: o atual rumo da eliminatória serve à Juve, ao passo que o Ajax, oriundo do país do “futebol total”, precisa marcar se quiser seguir em frente na competição de clubes mais importante da Europa.

Boas apostas!