A duas jornadas do fim da fase de grupos da Liga dos Campeões 2018/19, o Barcelona é o único emblema que já assegurou o acesso às oitavas da competição. Por outro lado, são seis os times que já não têm qualquer chance de continuar na prova de clubes mais importante da Europa.

Foto: "Marco Bertorello/AFP"

Foto: “Marco Bertorello/AFP”

Quatro jogos, dez pontos e a confirmação matemática de que vai continuar em competição. Mesmo que perca os dois jogos que faltam nesta fase de grupos da Liga dos Campeões, o Barcelona vai estar entre as 16 melhores equipas da Europa. O acesso foi alcançado na deslocação a Milão para enfrentar o Inter, encontro que terminou empatado a uma bola. Do lado “blaugrana”, Malcolm foi o autor do gol. É no grupo da equipa catalã (B) que encontramos um dos seis emblemas que já não estão na corrida pelo acesso à fase seguinte: a equipa holandesa do PSV Eindhoven, última da chave com apenas um ponto conquistado. Inter (sete pontos) e Tottenham (quatro) seguem na luta e adivinha-se um embate entusiasmante entre si já na próxima ronda do grupo, em Wembley. Aos italianos chegará um empate para continuar em prova, ao passo que a equipa londrina está obrigada a vencer caso queira alcançar as oitavas.

Eliminados

O Mônaco tem que ser considerado a grande desilusão dessa fase de grupos. O time que iniciou a época sob o comando de Leonardo Jardim e está agora às ordens de Thierry Henry viu sua eliminação ser confirmada nessa rodada, ao perder em casa com o time belga do Club Brugge por quatro a zero. Os gauleses estão na última posição do grupo A, chave a partir da qual Borussia Dortmund (nove pontos) e Atlético de Madrid (nove pontos) têm tudo para assegurar o acesso.

No grupo B, tal como já foi referido, o PSV Eindhoven viu sua eliminação confirmada na visita a Wembley.

O Lokomotiv de Moscovo, campeão russo e integrante do pote 1 aquando do sorteio, não tem mais chances de alcançar a próxima etapa da Liga dos Campeões europeus. O time da capital russa perdeu os quatro jogos que disputou até então e mesmo alcançar o acesso à Liga Europa já será bem complicado para os “maquinistas”.

Outro campeão já eliminado é o AEK de Atenas. O time grego segue na “lanterna” do grupo E sem pontos conquistados e ainda vai ter que defrontar os holandeses do Ajax e os portugueses do Benfica. Os helénicos seguem com chance de apuramento para a Liga Europa, sendo certo que para isso precisam de fazer pelo menos quatro pontos e ganhar do Benfica na Luz.

O Viktoria Plzen, representante da República Checa na competição, está no quarto e último posto do grupo G com apenas um ponto conquistado. A goleada caseira (0-5) às mãos do campeão europeu Real Madrid, agora sob as ordens de Solari, deixou o Viktoria limitado à briga pelo acesso à Liga Europa.

Por fim, no grupo H, o detentor do título suíço também está afastado da competição. A derrota por três a um no Mestalla sentenciou o destino do Young Boys nesta fase de grupos da Liga dos Campeões e, muito provavelmente, hipotecou definitivamente as aspirações da equipa nas provas europeias.

Em suma, com maiores ou menores chances, seguem na briga pelo acesso às oitavas: Borussia Dortmund, Atlético de Madrid, Club Brugge (grupo A), Inter de Milão, Tottenham (grupo B), Napoli, Liverpool, PSG, Estrela Vermelha (grupo C), Porto, Schalke 04, Galatasaray (grupo D), Bayern de Munique, Ajax, Benfica (grupo E), Manchester City, Lyon, Hoffenheim, Shakhtar Donetsk (grupo F), Real Madrid, Roma, CSKA Moscou (grupo G), Juventus, Manchester United e Valencia (grupo H).

Boas apostas!