O Avaí Futebol Clube, que foi rebaixado em 2015, quando terminou o Campeonato Brasileiro da Série A em 17º lugar, com um ponto a menos que o conterrâneo Figueirense FC, que permaneceu na Série A.

Diego Jardel comemora o gol contra o Londrina.

Diego Jardel comemora o gol contra o Londrina.

O Avaí disputou então o Campeonato Brasileiro da Série B de 2016 e conseguiu voltar à elite do futebol brasileiro na penúltima rodada em um jogo contra o Londrina Esporte Clube, time que ainda tinha chances de subir para a Série A, porém mesmo jogando em casa, não conseguiu segurar o Avaí, que venceu por 0x1 com gol do meia Diego Jardel e antecipou seu acesso à Elite do futebol brasileiro. No final da competição, o Londrina acabou ficando fora do acesso, em sexto lugar, com três pontos a menos que o Bahia, um dos clubes que conseguiram acesso à Série A.

Após a vitória sobre o Londrina FC, o Avaí voltou para Florianópolis, cidade sede do clube, e encontrou uma bonita festa feita por sua torcida. O grupo “azurra” como é chamado o time do Avaí, chegou ao estádio da Ressacada na tarde do domingo (20), por volta das 17h e  encontrou lá uma multidão vestida com as cores azul e branca. Em cima de trios elétricos, os jogadores saudaram os torcedores próximo à Ressacada e dali se formou uma carreata, que seguiu por vários pontos da ilha e finalmente Koxixos da Beira-Mar Norte onde houve discurso dos atletas, que agradeceram o apoio da torcida e a festa neste domingo. O Avaí ainda fez seu último jogo da competição em casa no sábado (26), se despedindo de sua torcida em jogo contra o Brasil de Pelotas com um empate de 1×1. O Avaí terminou como vice-campeão do Campeonato Brasileiro da Série B de 2016 com 66 pontos, somente atrás do campeão Clube Atlético Goianiense, que somou 76 pontos.

Campanha vice-campeã do Avaí

Torcida do Avaí no Estádio Ressacada.

Torcida do Avaí no Estádio Ressacada.

O time de Florianópolis, Avaí Futebol Clube, que em 2014 quando jogava pela Série B do Campeonato Brasileiro, conseguiu acesso a elite chegando em quarto lugar, jogou a Série A em 2015 e acabou sendo rebaixado por apenas 1 ponto, jogou em 2016 a Série B e agora conseguiu acesso novamente para a elite, conquistando o vice-campeonato da competição.

A campanha responsável pelo vice-campeonato do Avaí teve como ponto forte os jogos mandados em casa, no Estádio Ressacada em Florianópolis. Em 19 jogos em casa, foram 14 vitórias, 3 empates e somente 1 derrota. Já jogando fora de casa, o time começou muito mal em jogos como visitante, inicialmente foram 7 derrotas e 3 empates, o que dava a entender que o Avaí faria uma campanha mediana, porém à partir da 21ª rodada, coincidentemente com a chegada do técnico Claudinei Oliveira em agosto, praticamente no início do returno, o time começou um arranque em jogos fora de casa, conquistando 5 vitórias, 3 empates e  somente 1 derrota, o que levou o Avaí à alcançar a cada rodada novas posições na tabela de classificação.

Atacante Romulo, artilheiro da equipe na competição.

Atacante Romulo, artilheiro da equipe na competição.

O returno do Avaí teve grande influência na campanha vice-campeã da Série B deste ano, o desempenho do Avaí em seu returno foi tão bom, que o time conseguiu o mesmo desempenho do campeão Atlético Goianiense, com 75.44%, somente com menos saldo de gols, 14 contra 16 do Atlético Goianiense. Alguns outros pontos curiosos da campanha do Avaí são duas sequências invictas, uma de 9 jogos (21ª a 29ª) e outra de 8 jogos (31ª a 38ª). Outro ponto importante da campanha são os 15 jogos que o Avaí passou sem levar gol, ressaltando o bom setor defensivo da equipe. Além disso, o Avaí tem uma sequência de 9 jogos invicto em casa e como visitante conseguiu uma sequência de 4 jogos invicto, a maior da competição. O destaque no setor ofensivo do Avaí foi o atacante Romulo de apenas 21 anos, ele foi o artilheiro da equipe, que fez 12 gols e deu uma assistência. O destaque do time em assistências foi o meia Marquinhos de 35 anos, ele fez 3 gols e deu 5 assistências para gol.

Boas Apostas!